63,3% dos testes para detectar Covid-19 no Ceará são RT-PCR, o tipo de exame mais preciso

A OMS indica o tipo de diagnóstico como referência para confirmação de casos

Legenda: Exames para detecção da doença são realizados em todo o País
Foto: Fotos:

Hospitais e laboratórios do Ceará, públicos e privados, realizaram 68.058 exames para diagnosticar Covid-19 em pacientes com sintomas da doença, até a manhã desta terça-feira (19), segundo a plataforma IntegraSUS da Secretaria de Saúde do Estado (Sesa). Quatro tipos de testes são usados para detectar o vírus Sars-CoV-2, com uso maior de RT-PCR, com 43.139 aplicações - 63,3% do total. Os demais foram teste rápido (23.632), quimioluminescência (1.259) e ELISA (28). 

A Pasta registra que 27.653 casos deram positivo, 30.979 negativo e 9.107 estão em análise. O diagnóstico rápido ajuda o Poder Público na aplicação de políticas de enfrentamento contra o novo coronavírus. Conforme o IntegraSUS, a média de testes dos últimos sete dias é de 1.527,14. A plataforma também registra em 8,05 o número de exames por mil habitantes e 2,52 testes por caso confirmado. 

A Organização Mundial da Saúde (OMS) considera o ensaio molecular de RT-PCR como referência para confirmação de casos de Covid-19. O teste detecta a presença do material genético do vírus Sars-CoV-2 no organismo do indivíduo. Esse teste é realizado através de um "cotonete", o swab, que recolhe material da cavidade nasal e/ou na orofaringe - região perto da amígdala.

 

Já o teste sorológico, detecta a presença dos anticorpos, IgA, IgM e IgG, para o novo coronavírus no organismo. Ele é realizado através do recolhimento do sangue. Esse teste conta com três metodologias para a realização: ELISA,  Quimioluminescência e Imunofluorescência são realizados em laboratórios. Os testes de farmácias, também  conhecidos como modelos "teste rápido", também são analisados a partir da presença dos anticorpos, ele utiliza a técnica da imunocromatografia.

Mortes por Covid-19 em Fortaleza

A comunidade científica vem estudando intensamente o comportamento do novo coronavírus e atualmente apenas os ensaios que detectam antígenos são indicados para determinação do diagnóstico, pois permitem verificar se o vírus está presente na amostra testada. A Organização Mundial da Saúde (OMS) indica o ensaio molecular de RT-PCR como a referência para confirmação de casos de Covid-19. 

Casos confirmados 

Chegou a 26.954 o número de pessoas diagnosticadas com Covid-19 no Ceará, enquanto as mortes causadas pela doença subiram para 1.788. Os dados foram informados pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesa), através da plataforma IntegraSUS, em atualização feita às 9h19 desta terça-feira (19).Em Fortaleza, a Sesa, confirma que 1.271 pessoas perderam a vida por Covid-19, enquanto 16.281 contraíram o vírus. Em todo o estado, houve a recuperação de 15.195 pessoas. 

Os números apresentados pela Secretaria da Saúde são atualizados permanentemente e fazem referência à disponibilidade dos resultados dos testes para detectar a presença dos vírus, ou seja, não necessariamente correspondem à data da morte ou do início da apresentação dos sintomas. 

 

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza

Assuntos Relacionados