Paulão reclama da arbitragem após Clássico-Rei: “No gol houve falta”

Zagueiro do Fortaleza alega ter sofrido falta de Cléber no lance do tento de Vina

Legenda: Paulão dividiu bola com Cléber antes do gol alvinegro no 1º tempo
Foto: Thiago Gadelha / SVM

Os jogadores do Fortaleza ficaram na bronca com a arbitragem nesta quarta-feira (2) após derrota para o Ceará, pela 7ª rodada da Série A. Ao término da partida, o zagueiro Paulão afirmou ter sofrido falta de Cléber antes do gol de Vina, mas o árbitro Luiz Flávio de Oliveira (FIFA) viu e não marcou.

"No gol houve falta ali, o VAR nunca se posiciona. O árbitro acabou não marcando um lance tão importante. Ele (o árbitro) disse que viu, mas o VAR não confirmou, então não marcou", revelou.

> Veja mais sobre o Clássico-Rei

Na jogada, Cléber ganhou no corpo de Paulão, que ficou caído no gramado. Na sequência, tocou para Sobral, que enfiou para Charles até a bola terminar em Vina, aos 43 do 1º tempo.

Antes da partida, a diretoria tricolor encaminhou ofício para a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) solicitando a mudança do juiz. As alegações eram de que, em jogos passados, o Vovô foi beneficiado pelo árbitro. No entanto, a entidade manteve o profissional escalado.

Em campo, cada clube recebeu dois amarelos. Os punidos do Fortaleza foram Mariano Vázquez e Felipe, enquanto o Ceará teve Charles e Vina amarelados.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte