Ceni lamenta derrota do Fortaleza e analisa Clássico-Rei: "Tivemos a nossa chance"

Técnico ressaltou que os atacantes não tiveram vantagem contra os defensores do Ceará nesta quarta-feira (2)

Legenda: Rogério Ceni lamentou o resultado e elogiou a atuação do Ceará
Foto: Thiago Gadelha / SVM

O Fortaleza teve 73% de posse, mas não finalizou nenhuma bola no gol na derrota para o Ceará por 1 a 0 nesta quarta-feira (2). Para Rogério Ceni, um lance desperdiçado por David no 1º tempo foi determinante no resultado do Clássico-Rei válido pela 7ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro.

"Tivemos a nossa chance, a mais clara. Foi no meio do primeiro tempo. Se nós tivéssemos feito, o Ceará teria que sair mais para jogar. Nós não tivemos vantagens nos duelos individuais. Não jogamos nesse um contra um, não foi o nosso forte, que desequilibrou contra Goiás, Corinthians e Bragantino", explica.

No fim da partida, o Leão apresentava cinco atacantes na Arena Castelão. Ceni reforçou que os atletas não conseguiram vencer os duelos individuais diante dos defensores alvinegros.

>Veja mais notícias, entrevistas e análises sobre o Clássico-Rei

"Jogar contra o Ceará é muito importante que você saia na frente. É um time que se fecha muito bem, rende muito bem na marcação. Joga no contragolpe. Apesar de o gol ser em uma bola em jogo normal, o Charles evita a saída da bola e o Vinícius chega antes (e faz o gol)", avalia.

O Fortaleza ocupa a 11ª posição, com oito pontos. O time encara o Flamengo, sábado (5), às 17h, no Maracanã.

Confira os podcasts CearáCast e Fortaleza Cast sobre o Clássico-Rei

Confira análise do comentarista Wilton Bezerra

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte