Universidade de Fortaleza realiza 14ª Semana Internacional do Meio Ambiente com programação virtual

Do dia 1º a 5 de junho, evento discutirá direitos da natureza, proteção e racionalidade ambiental

baobá Unifor
Legenda: Baobá ao lado do Centro de Convivência foi plantado por alunos em 1976
Foto: Ares Soares

A Universidade de Fortaleza realizará entre os dias 1º a 5 de junho a 14ª Semana Internacional do Meio Ambiente. A programação será em torno do tema “Água, clima e restauração dos ecossistemas: reconhecimento dos direitos da natureza e das garantias do futuro intergeracional”. O evento terá palestras online. 

Na abertura do evento, o vice-reitor de Extensão e Comunidade Universitária da Universidade de Fortaleza, professor Randal Martins Pompeu, abordará o tema “A promoção de um futuro intergeracional e os 50 anos da Fundação Edson Queiroz”.

No primeiro dia, um outro tema a ser debatido é “Direitos da Natureza: um novo paradigma para a proteção ambiental”, com participação das professoras Mumta Ito, presidente da Nature's Right, e Mariana Ribeiro Santiago, da Universidade de Marília, com mediação da professora Gina Vidal Marcílio Pompeu, coordenadora do Programa de Pós-graduação em Direito (PPGD/Unifor). 

Já no dia 3 de junho, o pesquisador da Universidade Nacional Autônoma do México vai proferir palestra sobre o tema "Racionalidade Ambiental e o Conflito da Vida”, que contará ainda com a professora Belinda Pereira da Cunha, da Universidade Federal da Paraíba, e com mediação da professora Gina Vidal Marcílio Pompeu.

Ainda como parte da programação da 14ª Semana Internacional do Meio Ambiente, será realizado o plantio de ipê-amarelo, cuja flor é considerada símbolo do Brasil, pela Fundação Edson Queiroz, pela Vice-Reitoria de Extensão, pelo Programa de Pós-Graduação em Direito Constitucional e pelo curso de Engenharia Ambiental da Unifor. A ação, no campus da Universidade de Fortaleza, celebra os 50 anos da Fundação Edson Queiroz.

>> Veja aqui a programação completa

Área verde

O respeito à natureza e à diversidade é percebido facilmente por quem conhece o campus e constata a presença do espaço verde em cada área da Unifor. Dos 490 mil m² de área do campus, 250 mil m² contam com cobertura vegetal (termo utilizado para designar os tipos ou formas de vegetação natural ou plantada que recobrem uma certa área ou terreno).

O uso de fontes de energias renováveis é outro diferencial que demarca as práticas da instituição na busca constante pelo desenvolvimento sustentável. Em 2021, o campus da Unifor ativou a própria usina solar, o que representará economia direta de até 30% no consumo de energia elétrica.

A opção pela fonte solar é uma forma de apostar no uso de tecnologias eficientes e confiáveis e de aproveitar o potencial do qual o Ceará dispõe. 

usina solar unifor
Legenda: O uso de fontes renováveis é uma das marcas da Unifor, que em 2021 passou a ter a própria usina solar
Foto: Ares Soares

 “Nessa perspectiva, o fato de a gente ter um campus extremamente vegetado está muito relacionado à saúde e ao bem-estar", explica a professora e arquiteta e urbanista Fernanda Rocha. 

A arquiteta ressalta que defender o verde é entender a importância dos seres humanos, das plantas e de todos os seres.

“Nós somos apenas um dos elos que estão nessa cadeia. Quando um deles se recolheu um pouco (os homens durante a pandemia de Covid-19), a natureza melhorou. Melhorou tudo: o ar, as árvores ficaram mais bonitas, os animais voltaram. O nosso uso é muito pesado”, analisa.

Árvores que contam histórias

Quem caminha em direção ao Centro de Convivência do campus da Universidade de Fortaleza avista do lado direito um imponente baobá. A árvore plantada pela 1ª turma do curso de Administração, em dezembro de 1976, tem o nome científico Adansonia digitata Linn. É chamada de “árvore-da-vida” e considerada sagrada na África, de onde é nativa. É também um exemplo da diversidade da vegetação do campus da Unifor.

Em artigo publicado na Revista Brasileira de Biociências, Fernanda Rocha e outros dois autores registraram 94 espécies pertencentes a 42 famílias entre as plantas dos espaços livres da Reitoria da Unifor. O trabalho, publicado em 2010, atesta a diversidade da flora no campus.

Outras ações pela sustentabilidade

Produzir parte da própria energia consumida no campus é outro grande diferencial da Universidade de Fortaleza. Energia limpa e acessível é o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) 7, com o intuito de garantir o acesso a fontes de energia fiáveis, sustentáveis e modernas para todos.

Os ODSs são um apelo global à ação para acabar com a pobreza, proteger o meio ambiente e o clima e garantir que as pessoas, em todos os lugares, possam desfrutar de paz e de prosperidade.

Serviço

14ª Semana Internacional do Meio Ambiente

Quando: de 1º a 5 de junho

Evento online