Japão retoma restrições contra Covid-19 após avanço da variante Ômicron

Medidas sanitárias buscam frear nova cepa no país e ficam em vigor até meados de fevereiro

O Japão adotou, nesta quarta-feira (19), novas restrições sanitárias para frear o avanço da variante Ômicron do coronavírus, que fez o país superar 30 mil casos diários pela primeira vez. A resolução do governo central prevê adoção de medidas em 13 regiões, que podem decidir pela adoção de ações específicas. Em vigor desta sexta (21) até meados de fevereiro, as novas restrições são bem menos rígidas que um lockdown.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o mundo