Três homens são presos em operação contra clonagem de veículos em Fortaleza

Pelo menos um veículo foi recuperado e devolvido ao proprietário

Legenda: Carros clonados
Foto: Foto: SSPDS

Três homens foram presos em operação da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas (DRFVC) para identificar carros clonados. As ações ocorreram nesta quarta-feira (12), nos bairros Passaré e Canindezinho, e foram divulgadas nesta sexta-feira (14). Pelo menos um dos veículos averiguados foi identificado como furtado e o proprietário foi localizado. 

Um dos suspeitos preso foi identificado por José Pacheco Saraiva (54), conhecido por “Zezinho”. Ele responde a quatro inquéritos policiais, sendo dois por furto e dois por receptação, segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).  

Zezinho foi abordado no Bairro Canindezinho, quando estava com um veículo de modelo VW/Gol, em frente a uma sucata da região. Houve uma vistoria no carro e a equipe constatou a adulteração nos sinais identificadores e placas clonadas. 

O dono da sucata, um homem identificado por Deymison de Sousa da Silva (33), foi preso após a polícia encontrar no local um carro de modelo Ford Versalles também com sinais identificadores adulterados. 

Já no Bairro Passaré, a polícia prendeu Francisco Ednardo Oliveira da Silva (38), com antecedente criminal por estelionato e desobediência. A motocicleta dele estava com as numerações do motor e do chassi adulterados. 

Ao ser questionado sobre as ilegalidades, o suspeito informou que não tinha conhecimento e não apresentou documentação do veículo, informou a SSPDS. Ednardo Silva disse ainda que havia adquirido a moto por pouco mais de R$ 1 mil. 

Os três foram levados pra Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas (DRFVC). A dupla presa no Canindezinho foi autuada em flagrante por receptação e adulteração de sinais identificadores de veículo. 

Já o suspeito preso no Passaré foi autuado em flagrante por receptação. 

Os veículos identificados com adulteração foram apreendidos pela polícia.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança

Assuntos Relacionados