Suspeito de integrar facção em Caucaia e de oferecer R$ 200 mil pela morte de oficial da PM é preso

Francisco Pereira Rocha, o 'Louro da Polda', de 36 anos, foi encontrado em uma residência no bairro Padre Júlio Maria. Ele seria um dos dos "homens de confiança" do chefe do grupo criminoso, Francisco Cilas, o 'Mago'.

Com o suspeito, foram apreendidos uma pistola, cinco carregadores da arma de fogo e quatro relógios
Legenda: Com o suspeito, foram apreendidos uma pistola, cinco carregadores da arma de fogo e quatro relógios
Foto: Reprodução

Um suspeito de integrar uma facção criminosa e de ameaçar de morte um oficial da Polícia Militar do Ceará (PMCE) terminou preso em uma ação que envolveu PMs e policiais civis, em Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), na manhã desta quinta-feira (9).

Francisco Pereira Rocha, o 'Louro da Polda', de 36 anos, foi encontrado em uma residência na Rua da Paz, no bairro Padre Júlio Maria. Ele foi cercado por equipes do Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio), da PMCE, e da Delegacia Metropolitana de Caucaia, da Polícia Civil do Ceará (PCCE) e não esbanjou reação.

Francisco Pereira Rocha, o 'Louro da Polda', de 36 anos, foi encontrado em uma residência na Rua da Paz, no bairro Padre Júlio Maria
Legenda: Francisco Pereira Rocha, o 'Louro da Polda', de 36 anos, foi encontrado em uma residência na Rua da Paz, no bairro Padre Júlio Maria
Foto: Reprodução

Com o suspeito, foram apreendidos uma pistola, cinco carregadores da arma de fogo e quatro relógios. 'Louro da Polda' foi levado à Delegacia e autuado pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo e organização criminosa.

R$ 200 mil
Segundo uma fonte da Inteligência da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), 'Louro da Polda' ameaçava de morte o comandante do 12º Batalhão de Polícia Militar (BPM) e oferecia R$ 200 mil aos comparsas pelo assassinato do mesmo.

Ainda de acordo com a fonte, o preso é um "matador" de uma facção local de Caucaia e um dos dos "homens de confiança" do chefe do grupo criminoso, Francisco Cilas de Moura Araújo, conhecido como 'Mago'.

'Mago' foi preso em um apartamento no Estado do Piauí em julho de 2020, quando figurava como um dos criminosos mais procurados pela Polícia do Ceará. No mês passado, já no Sistema Penitenciário cearense, ele foi transferido para o recém-inaugurado Presídio de Segurança Máxima Estadual, localizado em Aquiraz.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança