Suspeito de assassinar PM do Bope roubou carro após crime e foi morto em tiroteio com a polícia

Vídeo mostra que ele roubou carro para fugir depois de tentar assaltar PM

Um suspeito de matar o subtenente da Polícia Militar em uma tentativa de assalto no Bairro Vila Manuel Sátiro, em Fortaleza, foi localizado e morto durante uma operação policial, na tarde deste sábado (5). A Polícia Militar afirmou que houve confronto entre os agentes e o suspeito.

O subtenente do Batalhão de Operações Especiais (Bope), Francisco Augusto da Silva, 46 anos, saía de casa para trabalhar e foi atingido por disparos por volta das 5h da manhã. Silva foi socorrido por um vizinho e levado ao Hospital Frotinha do bairro Parangaba. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu.

Ainda conforme a PM, o suspeito foi localizado no Parque Santana e tentou se esconder em um matagal. Durante a abordagem, houve troca de tiros e ele foi lesionado. O homem, conhecido como José Roberto, chegou a ser levado à Unidade de Pronto Atendimento do Canindezinho.

O suspeito roubou um carro e fugiu logo após o crime. O veículo foi acompanhado pelo sistema SPIA, da Secretaria da Segurança Pública (SSPDS), e localizado no cruzamento das ruas Álvaro Chaves com Nórdica, próximo ao balão do Mondubim. Foi por meio desse videomonitoramento que os agentes também localizaram o homem, por volta de 13h. Uma pistola foi apreendida com ele.

As equipes de segurança seguem com as buscas para identificar os outros suspeitos envolvidos e localizar as armas que foram roubadas na ação, que eram do subtenente. 

A 11ª Delegacia do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), que é responsável por crimes cometidos contra agentes da Segurança Pública, irá investigar o caso..

Vítima tinha dois filhos

A esposa do agente informou que ouviu pelo menos três disparos de arma de fogo e saiu para ver o que tinha acontecido. A mulher ainda conseguiu falar com o marido momentos antes da morte. A vítima deixa dois filhos.

Em nota de pesar, a PM manifestou solidariedade aos familiares e amigos da vítima. "O Comando da Corporação se solidariza com a dor dos familiares e amigos, ao tempo em que coloca o aparato da Instituição à disposição", disse.


Categorias Relacionadas