Subtenente do Bope é morto a tiros em tentativa de assalto na Vila Manuel Sátiro

Na fuga, o suspeito envolvido roubou um veículo que já foi localizado; policial saía de casa durante a ação criminosa

Legenda: Francisco Augusto da Silva era lotado no BOPE e saia de casa para trabalhar no momento do crime
Foto: Reprodução

Um policial do Batalhão de Operações Especiais (BOPE) da Polícia Militar do Ceará morreu no início da manhã deste sábado (6) após tentativa de assalto, no bairro Vila Manuel Sátiro. O agente, identificado como Francisco Augusto da Silva, de 46 anos, foi baleado na travessa Joaquim Alfredo, ao sair de casa para trabalhar. 

De acordo com informações da PM, Francisco Augusto foi atingido por disparos de arma de fogo. O subtenente foi socorrido e levado ao Hospital Frotinha do Bairro Parangaba, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

A esposa do agente de segurança informou que o crime aconteceu por volta das 5h, quando Francisco Augusto saia de casa para trabalhar, ainda sem a farda. Ela ouviu pelo menos três disparos e saiu para ver o que tinha acontecido. 

A mulher teve contato com o marido ainda em vida. Francisco Augusto deixa dois filhos. A família aguarda a liberação do corpo que vai ser encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) para perícia. 

Legenda: Arma apreendida pela polícia que teria sido utilizada pelo autor do crime
Foto: Reprodução / VC Repórter

Ao fugir, o suspeito roubou um veículo, mas foi acompanhado pelo sistema SPIA, da Secretaria de Segurança Pública (SSPDS). O automóvel foi localizado pela PM e buscas estão sendo realizadas para identificar o autor do crime, que não foi encontrado até 9h20 deste sábado. Agentes de segurança apreenderam a arma que teria sido utilizada no crime. 

Em nota de pesar, a PM manifestou solidariedade aos familiares e amigos da vítima. "O Comando da Corporação se solidariza com a dor dos familiares e amigos, ao tempo em que coloca o aparato da Instituição à disposição", disse.


Categorias Relacionadas