Polícia Federal incinera mais de 1,6 tonelada de drogas em Aquiraz, na Grande Fortaleza

A ação, realizada pela Polícia Federal (PF), foi feita em alusão ao Dia Internacional de Combate às drogas

Esta é uma imagem.
Legenda: Foram foram destruídos 1.563 kg de cocaína, 95,6 kg de maconha, 29.956 comprimidos de ecstasy e 235 ampolas de anabolizantes, conforme a PF.
Foto: Divulgação/PF

Mais de 1,6 tonelada de drogas foi incinerada na manhã desta sexta-feira (26), no município de Aquiraz, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). A ação, realizada pela Polícia Federal (PF), foi feita em alusão ao Dia Internacional de Combate às Drogas, que é lembrado hoje. 

De acordo com a PF, a incineração aconteceu em uma empresa de cerâmica, onde foram destruídos 1.563 kg de cocaína, 95,6 kg de maconha, 29.956 comprimidos de ecstasy e 235 ampolas de anabolizantes. Segundo a Instituição, os entorpecentes foram apreendidos durante operações da Corporação e de outros órgãos da Segurança Pública do Ceará.

A Polícia afirmou que a ação faz parte das atividades que marcam a Semana Nacional de Políticas Sobre Drogas 2020, realizada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), nos dias que vão de 19 a 26 de junho.  

Conforme a PF, o evento em Aquiraz foi prestigiado por representantes do Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) e da Vigilância Sanitária, da Secretaria de Saúde do Estado do Ceará (Sesa)

De acordo ainda com o Órgão, o evento foi equipado por forte esquema de segurança e seguiu as recomendações de saúde implementadas para o combate ao novo coronavírus, com o uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e adoção de medidas preventivas para que não houvesse aglomerações.

Apreensões 

No último mês de maio, no dia 11, a PF apreendeu 540 quilos de cocaína escondidos dentro de um caminhão-tanque, próximo à BR-116, no bairro Cidade dos Funcionários, em Fortaleza. Na ação, quatro homens foram presos e encaminhados à sede da Superintendência Regional do Ceará,  onde foram autuados em flagrante delito por tráfico internacional de drogas e associação criminosa.
 
Ainda em maio, no dia 18, a PF apreendeu  6,5 kg de maconha e prendeu três mulheres e dois homens, no Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza. Os suspeitos são naturais de Manaus e do Piauí e não tiveram as identidades reveladas. 
 
O grupo também  foi levado à Superintendência da Polícia Federal, onde foi autuado pela prática dos crimes de tráfico interestadual de drogas e associação para o tráfico.