Grupo paulista é preso por roubar relógios de luxo na área nobre de Fortaleza

Vítimas eram escolhidas por trafegarem em carros importados. Todos usavam relógio da mesma marca

Escrito por Redação,

Segurança
Roupa
Legenda: Os criminosos perseguiam as vítimas usando três ou quatro motocicletas, disfarçados de operários, entregadores ou motoboys
Foto: Waniffer Monteiro

A Polícia Civil do Ceará (PCCE) prendeu seis integrantes de um grupo criminoso, baseado em São Paulo, especialista em roubo de relógios de luxo. As prisões aconteceram em Fortaleza e Canindé, na última terça-feira (8) e na quarta-feira (9). 

Segundo o delegado Rommeu Kerth, titular da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), a investigação teve início após assaltos realizados no mês de maio em bairros nobres de Fortaleza. 

As vítimas eram abordadas no trânsito e escolhidas por estarem em carros importados, usando uma mesma marca de de relógio de luxo, segundo o delegado. 

Ao todo, três ocorrências foram registradas e o prejuízo estimado de cada vítima foi de mais de R$ 60 mil

Abordagem 

"Os criminosos escolhiam as vítimas no trânsito e começavam uma perseguição usando três ou quatro motocicletas, disfarçados de operários, entregadores e motoboys", explica o titular da DRF. 

"Quando detectavam no veículo o motorista ou passageiro usando relógio de alto valor eles apontavam um ao outro. Duas Land Rovers foram interceptadas no trânsito, e outra na hora em que o proprietário desceu na porta de sua empresa, porque eles identificaram que o carro era blindado", detalha Rommeu Kerth.