Paciente suspeito de matar a facadas diretor de clínica de reabilitação no Eusébio é preso

Na ocasião, depois de ter cometido o crime, ele levou alguns pertences do funcionário que morreu no local

Polícia Civil
Legenda: O fato aconteceu em 1º de setembro, e a captura foi realizada pela Polícia Civil na terça-feira (7), em Tianguá, interior do Ceará
Foto: SSPDS/Divulgação

Um homem de 20 anos, identificado como Artur de Sousa Primo, foi preso suspeito de ter matado a facadas o diretor de uma clínica de reabilitação para dependentes químicos onde o jovem era paciente, no Eusébio, Região Metropolitana de Fortaleza.

O fato aconteceu em 1º de setembro, e a captura foi realizada pela Polícia Civil na terça-feira (7), em Tianguá, interior do Ceará.

Na ocasião, depois de ter cometido a ação criminosa, o suspeito levou alguns pertences do funcionário que morreu no local, de acordo com a Polícia Civil.

Investigações

Com base nas apurações, a instituição representou pela prisão preventiva de Artur de Sousa. Com a decisão judicial em mão, os policiais civis da Delegacia Metropolitana do Eusébio foram a Tianguá e localizaram o alvo.

Ele responderá pelo crime de latrocínio. As investigações sobre o caso continuam, a fim de identificar a participação de outra pessoa no crime.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança