Membro de facção criminosa que integrava lista dos mais procurados do Ceará é preso em Sobral

Outras duas pessoas foram capturadas, e seis armas foram apreendidas na ofensiva

Polícia Militar do Ceará
Legenda: O homem foi preso logo após uma ação de policiais militares que realizavam diligências para checar uma denúncia sobre indivíduos armados, em um imóvel no Distrito de Jaibaras
Foto: Divulgação/SSPDS

Um homem apontado pela Polícia Militar como membro de uma facção criminosa atuante na Região Norte do Ceará foi preso na tarde desta sexta-feira (22) em Sobral, no interior do Estado.

Ele integrava a lista dos mais procurados da Segurança Pública. Outras duas pessoas foram capturadas, e seis armas foram apreendidas na ofensiva.

Marcos Batista Ferreira Mendes, conhecido como Marquim Coragem, de 40 anos, tem passagens por homicídio doloso, latrocínio, associação criminosa e corrupção de menores.

Capturas

O homem foi preso logo após uma ação de policiais militares que realizavam diligências para checar uma denúncia sobre indivíduos armados em um imóvel no Distrito de Jaibaras.

Contra ele, havia dois mandados de prisão preventiva pelos crimes de homicídio doloso e por integrar organização criminosa.

Marquim Coragem havia sido incluído no Programa Estadual de Recompensa por ser apontado como integrante de um grupo criminoso atuante na Região Norte do Ceará.

Na residência, além do foragido da Justiça, os policiais localizaram José Ramiro Oliveira Lima, de 29 anos, com passagens por homicídio doloso, tráfico de drogas e corrupção de menores; e João Paulo Aguiar de Sousa, de 21 anos.

José Ramiro também tinha dois mandados de prisões, sendo uma preventiva e outra condenatória, pelos crimes de integrar organização criminosa e tráfico de drogas.

Com eles, duas pistolas, sendo uma calibre 9mm e outra de calibre 380, dois revólveres calibres 36 e 38, um rifle, uma arma de pressão, 68 munições, além de sete aparelhos celulares e duas motocicletas, com registro de roubo, foram apreendidos.

O trio foi conduzido para a Delegacia Regional de Sobral, onde foi autuado em flagrante pelos crimes de associação criminosa e posse ilegal de arma de fogo com numeração suprimida. Diligências seguem em andamento com o intuito de localizar os comparsas do grupo.

Programa de Recompensa

Com a prisão de Marcos Batista, outros 13 nomes seguem incluídos no Programa Estadual de Recompensa e tiveram as informações atualizadas pelo Governo do Ceará.

Todos os indivíduos são suspeitos de integrarem grupos criminosos atuantes no Estado, além de terem passagens por diversos crimes.

As quantias, que serão destinadas ao pagamento de pessoas que forneçam informações que auxiliem nas capturas dos investigados, variam entre R$ 2 mil e R$ 8 mil.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança