Recompensa sobre paradeiros dos 14 criminosos mais procurados do Ceará chega a R$ 8 mil

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará divulgou, nesta segunda-feira (18), a lista atualizada com os nomes e recompensas

Montagem com fotos dos foragidos
Legenda: Governo do Ceará renovou valores e informações de 14 foragidos inclusos no Programa de Recompensa
Foto: Divulgação /SSPDS

O Governo do Ceará oferece até R$ 8 mil por informações que levem aos paradeiros de 14 foragidos da Justiça — eles constam na lista de criminosos mais procurados do Estado. O pagamento ocorre por meio do Programa Estadual de Recompensa, instituído em 2019

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS) divulgou, nesta segunda-feira (18), a lista atualizada com os nomes dos investigados e valores de recompensas, a começar por R$ 2 mil. 

Segundo a pasta, todos os procurados são suspeitos de participação em organizações criminosas em municípios cearenses, além de possuírem passagens pela Polícia por diversos outros delitos. 

As denúncias devem ser feitas através dos:

  • Número 181, o Disque-Denúncia da SSPDS;
  • Telefone (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp —  a plataforma pode ser usada para denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia.  

O sigilo e o anonimato são garantidos.

Saiba quem são os criminosos mais procurados do Ceará 

“Irmãos coragem”

Recompensa: R$ 8 mil para cada.

Montagem dos
Foto: Divulgação / SSSPDS

Segundo a pasta, os dois suspeitos são irmãos e considerados pelas autoridades policiais “indivíduos de alta periculosidade”. 

Conforme as investigações, Evaldo Batista Ferreira, de 56 anos, conhecido como “Evaldo Coragem”, e Marcos Batista Ferreira Mendes, de 39 anos, o “Marquim Coragem”, são integrantes de um grupo criminoso em Sobral, no Interior do Ceará. 

A pasta informa que eles têm diversas passagens pela Polícia pelos crimes de homicídio doloso, latrocínio e roubo.

"Naldo"

Recompensa: R$ 7 mil. 

Foto do procurado
Foto: Divulgação /SSPDS

Outro procurado pelas autoridades policiais é Antônio Edinaldo Soares de Oliveira, de 36 anos, conhecido como “Naldo”. 

Segundo a Polícia, ele acumula 12 passagens pelos crimes de homicídio doloso, sequestro e carcere privado, extorsão, associação criminosa, roubo, posse e porte ilegal de arma de fogo, além de dano e posse de drogas. “Naldo” é fugitivo do Sistema Penitenciário desde 2020.

"Mingau"

Recompensa: R$ 7 mil. 

Foto do foragido
Foto: Divulgação /SSPDS

Dentre os mais procurados, Gilberto de Oliveira Cazuza, de 30 anos, conhecido como “Mingau”, tem antecedentes por homicídio doloso, tráfico de drogas, associação para o tráfico, e posse ou porte ilegal de arma de fogo. Ele é procurado por integrar um grupo criminoso atuante no Vale do Jaguaribe. 

"Dragão"

Recompensa: R$ 7 mil. 

Foto do foragido
Foto: Divulgação /SSPDS

As autoridades policiais tentam localizar Francisco Edson Pereira, de 35 anos, conhecido como “Dragão”. Ele é investigado por crimes de homicídio, tráfico de drogas, roubo e porte ilegal de arma de fogo.  

Rener Castro de Souza

Recompensa: R$ 6 mil

Foto do foragido
Foto: Divulgação /SSPDS

Rener, de 30 anos, com passagens por tráfico de drogas e por integrar organização criminosa, também foi incluído no programa. Ele é apontado como chefe de um coletivo criminoso com atuação no município de Aracati.

Segundo a Polícia, ele já possui passagens por tráfico de drogas e por associação para o tráfico de drogas, além de integrar organização criminosa, lesão corporal, receptação e adulteração de sinal identificador de veículo.

"Interior"

Recompensa: R$ 6 mil

Foto do foragido
Foto: Divulgação /SSPDS

Wanderson Delfino de Queiroz, de 24 anos, conhecido como “Interior”, possui antecedentes por tráfico de drogas e por integrar organização criminosa, além de ser apontado como o responsável pelas mortes de sete pessoas, em novembro de 2020, em Ibaretama. 

"Barruada"

Recompensa: R$ 5 mil

Foto do foragido
Foto: Divulgação /SSPDS

Igor Bezerra da Silva, de 21 anos, conhecido como “Barruada”, é suspeito de integrar um coletivo criminoso responsável por crimes registrados em Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza.

Segundo a SSPDS, Igor acumula passagens por homicídio, por integrar organização criminosa, por tráfico de drogas e por porte ilegal de arma de fogo. 

Outros seis homens são procurados

Além destes citados acima, a SSPDS atualizou as informações de outros seis nomes de foragidos investigados por integrarem grupos criminosos responsáveis por crimes ocorridos na Capital, nos municípios de Pindoretama, Itaitinga e no Norte do Ceará, além dos estados do Piauí e Maranhão. São eles: 

  • Ismário Wanderson Fernandes da Silva (31 anos), o “Bacurau”;
  • Otávio Augusto Monteiro Jardim (23 anos), o “Totó”;
  • Sancley de Araújo Holanda (41 anos), o “Sadam”;
  • Rogério Araújo de Freita (27 anos), o “Chocolate”;
  • Carlos Mateus da Silva Alencar (25 anos), o “Fiel” ou “Skidum”;
  • Alexandre Ximenes de Carvalho (31 anos), o “Pica-Pau ou Jacaré”.

A recompensa dos seis varia de R$ 2 mil a R$ 8 mil.

Localizados

Segundo a SSPDS, desde 2019, 10 pessoas inclusas no Programa Estadual de Recompensa já foram localizados, sendo uma mulher e nove homens. Seis homens foram capturados em outros estados.

As localizações ocorreram no Ceará (4), Piauí (1), Rio de Janeiro (1), Rio Grande do Norte (1) e São Paulo (3). A única mulher da lista foi capturada em Jijoca de Jericoacoara, no Interior do Ceará. 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança