Casa de exploração sexual é fechada, e suspeita de gerenciar o local é presa em Fortaleza

O imóvel era usado para exploração sexual de mulheres há cerca de dois meses

Casa de prostituição
Legenda: Uma mulher foi presa em flagrante em Fortaleza, suspeita de gerenciar uma casa de exploração sexual no bairro Cidade dos Funcionários
Foto: Divulgação SSPDS

Uma mulher foi presa em flagrante, nesta sexta-feira (22), em Fortaleza, suspeita de gerenciar uma casa de exploração sexual no bairro Cidade dos Funcionários. 

A polícia chegou até Francisca Naiara da Silvia Cordeiro, 33, após denúncias de movimentações suspeitas de pessoas no imóvel, em alto volume. O local era usado para programas sexuais há cerca de dois meses.

A suspeita se identificou como gerente do estabelecimento, que foi fechado pela Polícia Civil do Ceará (PC-CE). Conforme a polícia, o valor do programa cobrado no local era de R$ 180, dos quais R$ 50 ficavam com Naiara. 

Ela foi autuada pelos crimes de manter imóvel em que ocorra exploração sexual, "haja, ou não, intuito de lucro ou mediação direta do proprietário ou gerente" e "por tirar proveito da prostituição alheia, participando diretamente de seus lucros ou fazendo-se sustentar, no todo ou em parte, por quem a exerça". 

Além de Naiara, cinco mulheres, todas adultas, que estavam no imóvel foram conduzidas à sede do 13º Distrito Policial (DP). Elas foram ouvidas e liberadas em seguida.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança