Interdição na BR-020 segue até esta segunda-feira após acidente envolvendo hélice eólica

A carga envolvida no acidente que vitimou duas pessoas só deve ser removida da via no início da manhã, informa a Polícia Rodoviária Federal (PRF)

Escrito por Redação,

Segurança
Legenda: Hélice eólica transportada por carreta esmaga carro e deixa dois morto na BR-020, em Parambu.
Foto: Arquivo pessoal

O trecho na altura do quilômetro 47, na BR-020, onde duas pessoas morreram após um acidente entre um carro e uma carreta que carregava uma hélice eólica segue interditado, pelo menos, até as 6h da manhã da próxima segunda-feira (31), de acordo com informações Polícia Rodoviária Federal (PRF). A PRF indica que os condutores evitem o trecho até que a carga seja removida da pista.

No local, neste domingo (30), dois homens morreram após o carro em que estavam ser esmagado por uma pá eólica. O acidente foi na localidade de Pau Preto, no município de Parambu. De acordo com a PRF, o acidente aconteceu em uma ponte sobre o Rio Puiú. A previsão do órgão é que a carga não seja retirada ainda neste domingo. A PRF improvisou um desvio ao lado da ponte para os motoristas que precisem passar pelo local.

Segundo a PRF, não há informações sobre as causas do acidente, porém a carreta chegou a sair da pista e a hélice ficou no meio da rodovia, causando a interdição total do trecho para o tráfego de veículos.

De acordo com o comandante da 3ª Companhia do 3º Batalhão de Bombeiro Militar (3ªCia/3ºBBM), tenente-coronel Marcos Gomes, os agentes fizeram o resgate dos corpos dos ocupantes do carro. As vítimas foram identificadas como Omar Falcão Soares, de 76 anos, que estava conduzindo o veículo, e o passageiro Alexandre Barbosa Soares, de 44 anos. O condutor da carreta não ficou ferido.