Homem que apontou arma de fogo com laser para viatura da Polícia em vídeo é preso em Caucaia

O preso é suspeito de cometer ao menos três homicídios para um grupo criminoso e expulsar moradores de residências

Policiais militares apreenderam, com o suspeito, uma arma de fogo adaptada com laser, carregadores e munições
Legenda: Policiais militares apreenderam, com o suspeito, uma arma de fogo adaptada com laser, carregadores e munições
Foto: Reprodução

Um homem que publicou um vídeo, nas redes sociais, em que aponta uma arma de fogo adaptada com laser para uma viatura policial, a uma certa distância, terminou preso pela Polícia Militar do Ceará (PMCE), em Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), na tarde desta segunda-feira (19).

Jorge da Silva Filho, o 'Jorginho' ou 'Soneca', de 21 anos, foi encontrado próximo a um campo de futebol, no bairro Itambé, em uma ação da Força Tática do 12º Batalhão de Polícia Militar (12º BPM) e da Inteligência da PMCE. Ele é suspeito de cometer ao menos três homicídios para um grupo criminoso e expulsar moradores de residências, na região.

Com 'Soneca', policiais militares apreenderam uma pistola calibre Ponto 45, com dois carregadores e 24 munições. Jorge Filho foi levado à Delegacia Metropolitana de Caucaia (DMC), da Polícia Civil do Ceará (PCCE), onde foi autuado em flagrante pelos crimes de organização criminosa, porte ilegal de arma de fogo e receptação.

Através desse vídeo, nós reconhecemos ele. É um elemento bastante perigoso da Caucaia. Acusado de expulsar os moradores das casas e de alguns homicídios. Através de algumas informações, conseguimos prender ele e a arma de fogo que aparece no vídeo.
Sargento Cristiano
Policial militar

Ao ser questionado pelos policiais, 'Jorginho' confessou que gravou o vídeo com a arma de fogo apontada para a viatura porque "estava bêbado". Entretanto, ele negou que tenha cometido homicídio e alegou que tinha a arma para se proteger.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança