Advogado flagrado com bilhetes de facção ao sair de presídio é detido novamente, em Fortaleza

Alaor Patrício Júnior foi levado para prestar depoimento no 11º Distrito Policial ao ser flagrado com 18 gramas de maconha. Ele assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por uso de drogas e foi liberado.

O advogado suspenso Alaor Patrício Júnior, que tinha sido preso ao ser flagrado saindo de um presídio com quase 20 bilhetes contendo mensagens de integrantes de organizações criminosas, foi detido pela segunda vez, na noite desta quarta-feira (11), no bairro Montese, em Fortaleza.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública, o homem de 25 anos, "avistado em atitude suspeita" por uma equipe policial na Rua Eusébio de Queiroz. Ao ser abordado, foi encontrado com o advogado 18 gramas de maconha.

Alaor já responde pelos crimes de associação para o tráfico de drogas e por integrar organização criminosa.

Ele foi conduzido ao 11º Distrito Policial onde prestou depoimento. Após assinar um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por uso de drogas, ele foi liberado.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança

Assuntos Relacionados