Suspeito de sequestrar adolescentes em Iguatu é um dos foragidos da Operação Carcará

A revelação foi feita pelo delegado regional Marcos Sandro Lira durante a Operação desencadeada na madrugada desta quinta-feira (23)

Legenda: A polícia divulgou a foto de Cícero Garcia, suspeito de raptar três jovens na zona rural de Iguatu
Foto: Divulgação/Polícia Civil

Um dos alvos da Operação Carcará, realizada no início desta quinta-feira (23), na região Centro-Sul do Ceará, é apontado como o autor do rapto de três jovens no último dia 7, na zona rural de Iguatu. A informação foi confirmada pelo delegado regional de Polícia Civil de Iguatu, Marcos Sandro Nazaré de Lira. “Ele foi reconhecido pelas vítimas do sequestro”, pontuou.

O suspeito foi identificado como Cícero Garcia de Amorim, de 39 anos, que está foragido. Ele é conhecido popularmente como "Havaí". Equipes de policiais civis realizam busca na zona rural dos municípios de Saboeiro, Jucás e Iguatu para tentar efetuar a prisão dele e de outros suspeitos de integrarem uma rede de tráfico de drogas e crimes como homicídios

“Ele já responde por prática de furtos e roubos de moto na região, e é suspeito de homicídios a mando de uma facção criminosa em Saboeiro”, acrescentou Nazaré de Lira. 

Numa tentavia de acelerar a prisão do suspeito, a Polícia Civil divulgou a foto de Cícero Garcia e pediu a colaboração da população. “Pedimos que quem souber do paradeiro dele que avise à Polícia, o sigilo da informação é mantido”, solicitou Marcos Sandro.

Sequestro

No fim da tarde do último dia 7 de julho, três jovens, sendo duas adolescentes de 14 e 16 anos e uma de 19 anos, foram raptadas na zona rural de Iguatu, quando retornavam de uma caminhada, a poucos metros de suas casas.

As três foram obrigadas a caminhar durante a noite e madrugada no meio da mata e duas delas sofreram violência sexual. O objetivo, segundo apurou a Polícia, era o assassinato de uma das jovens, ex-namorada de Antônio Wendson Alves Freires, 20, conhecido como Pirulito, que está preso, mas em depoimento negou a autoria do crime e alegou inocência. 

Pirulito é apontado como o contratante de Cícero Garcia, o Havaí. “As meninas contaram que ele teve pena de matar a jovem, porque achou parecida com uma irmã dele”, contou Marcos Sandro de Lira. 

Quadrilha desarticulada

A Operação Carcará, desencadeada nesta quinta-feira (23), cumpriu 19 mandados de prisão, busca e apreensão nas cidades de Saboeiro, Iguatu, Cedro e Icó contra suspeitos de integrar uma facção criminosa, que pratica tráfico de drogas e lavagem de dinheiros na região Centro-Sul do Ceará.

De acordo com o delegado regional, Marcos Sandro Lira, o grupo teria ramificações também nas cidades de Tauá, Acopiara, Jucás e Cariús. Até o fim da manhã desta quinta-feira (23), 13 suspeitos foram presos e um adolescente apreendido, além de uma espingarda calibre 12, munição e drogas

Participaram da operação policial 20 equipes da Polícia Civil e 100 agentes (delegados, inspetores, escrivães e policiais). A ação foi coordenada pelo delegado Jeferson Lima, do Departamento de Polícia Civil Sul. 
 

Você tem interesse em receber mais conteúdo da região do Ceará?