Projeto pioneiro vai instalar placas solares em 32 escolas públicas do Ceará até 2022

O investimento total (R$ 9,1 milhões) deve retomar em economia com energia em pouco mais de quatro anos

Legenda: Escolas de 31 municípios cearenses foram escolhidas para receber o projeto, com início previsto para este ano.
Foto: André Costa

Um projeto pioneiro desenvolvido pela Secretaria da Infraestrutura do Ceará (Seinfra) em parceria com a Secretaria da Educação (Seduc) prevê a aquisição, instalação e manutenção de sistemas de geração de energia solar em 32 escolas da rede pública estadual até 2022. Esta é a primeira iniciativa neste sentido voltada especificamente às escolas públicas da rede estadual cearense.

Foram seguidos critérios como maior consumo e retorno do investimento na escolha das instituições e 31 cidades de todas as regiões cearenses serão contempladas. Fortaleza possui duas escolas na lista: EEMF Doutor Gentil Barreira e EEFM Professor Aloysio Barros Leal.

Segundo o secretário da Infraestrutura do Ceará, Lúcio Gomes, o recurso investido deve retornar em economia em pouco mais de quatro anos. "É consenso que precisamos migrar a geração de energia elétrica para fontes sustentáveis no intuito de preservar o meio ambiente. Por isso foi criado o Fundo de Incentivo à Eficiência Energética e Geração Distribuída do Ceará (Fiee)", explica.

Conforme o titular, o recurso foi criado para incentivar o desenvolvimento e financiamento da eficiência energética no Ceará. Gomes destaca, ainda, que o ambiente escolar é o cenário ideal para desenvolver uma nova perspectiva da geração de energia.

"Escolhemos essas escolas utilizando critérios técnicos em parceria com a Seduc porque entendemos que não haveria ambiente melhor para estimular essa mudança de cultura do que o ambiente escolar, por conta do seu poder transformador e multiplicador".

O investimento previsto está na ordem dos R$ 9,1 milhões, oriundos do Fiee, que é gerido pela Seinfra. A expectativa é que módulos fotovoltaicos para geração de energia solar comecem a ser instalados ainda neste ano, com previsão de conclusão até 2022, seguindo o cronograma da Secretaria, que será elaborado conforme o processo de licitação, informou a assessoria ao Diário do Norte.

Processo e investimento

Ontem (23), foi realizada a entrega das propostas dos interessados, que serão analisados juntamente com a Secretaria. Segundo a assessoria da Seinfra, o trâmite legal leva cerca de um mês. Somente após isso será montado o cronograma de serviço, detalhando quais instituições de ensino receberão primeiro as usinas.

O investimento na implantação dos sistemas reforça a política de geração de energia limpa no Estado, que prioriza as fontes renováveis. O modelo contribui com o meio ambiente e é mais barato em relação ao tradicional. Segundo a Seinfra, o Ceará é primeiro do Nordeste no ranking de geração de energia solar e também se destaca na geração distribuída - quando a energia é gerada pelo próprio consumidor, a partir de fontes renováveis.

Veja lista de escolas:

  • EEEP Gerardo José Dias de Loiola (Forquilha)
  • EEEP de Ocara (Ocara)
  • EEEP Paulo Barbosa Leite (Caririaçu)
  • EEM Doutor Andrade Furtado II (Quixeramobim)
  • EEM Prefeito Dario Campos Feijó (Martinópole)
  • EEM Maria José Magalhães (Morrinhos)
  • CEJA Professor Luiz Bezerra (Crateús)
  • EEEP Professor Sebastião Vasconcenlos Sobrinho (Tianguá)
  • EEMTI Vicente Antenor Ferreira Gomes (Miraíma)
  • EEM Maria Dolores Petrola (Arneiroz)
  • EEMF Doutor Gentil Barreira (Fortaleza) 
  • EEMTI Tabelião José Ribeiro Guimarães (Pentecoste)
  • EEM Helenita Lopes Gurgel Valente (Fortim)
  • EEM Ana Noronha (Parambu)
  • EEFM Professor Aloysio Barros Leal (Fortaleza)
  • 16º Centro Regional de Desenvolvimento da Educação (Iguatu)
  • EEM Professor Flávio Pontes (Maracanaú)
  • Coordenadoria Regional da Educação (Canindé)
  • EEMTI José Nilton Salvino Franco (Caridade)
  • EEM Maria Neusa Araújo Moura (Santa Quitéria)
  • Deputado Francisco Alves Sobrinho (Liceu de Acopiara)
  • EEEP Avelino Magalhães (Tabuleiro do Norte)
  • EEFM José Bezerra Menezes (Juazeiro do Norte)
  • EEFM Professor Luís Felipe (Sobral)
  • EEEP Leopoldina Gonçalves Quezado (Aurora)
  • EEEP Deputado José Maria Melo (Guaraciaba do Norte)
  • EEM Professor Gabriel Epifanio dos Reis (Icapuí)
  • EEEP Professor Plácido Aderaldo Castelo (Mombaça)
  • EEEP Valter Nunes de Alencar (Araripe)
  • EEEP Maria Violeta Arraes de Alencar Gervaiseau 
Quero receber conteúdos exclusivos sobre as regiões do Ceará