Moradores de distrito de Irauçuba afirmam estar há mais de 15 dias sem água

Caminhões vindos de outra localidade abastecem os moradores com água

morador
Legenda: Morador em Coité busca água em caminhão

Há mais de 15 dias, moradores afirmam que não há água encanada nas casas de Coité, distrito do município de Irauçuba, localizado no interior do Ceará.

De acordo com populares, a escassez hídrica já aconteceu antes. Agora, o abastecimento que deveria vir das tubulações, chega em caminhões oriundos de outra localidade.

Conforme uma moradora, que preferiu ter a identidade preservada, há um caminhão que vende água potável, própria para o consumo, que vai toda semana para o distrito. Para a higienização pessoal e o uso doméstico, como lavagem de roupas, a mulher afirma que compra caixas de mil litros, cada. "Só pra lavar e tomar banho. Nem pra cozinhar, não presta.

Ela diz ainda que o desabastecimento é corriqueiro, passando a ter o fornecimento em casa por cerca de dois dias e, depois, há a falta de água. "Sempre acontece. Dizem que é o motor do açude que abastece o distrito que está queimado e o cano estourado, mas já falaram que de madrugada tem, às vezes, então não pode ser esse o problema." 

A moradora afirmou ainda que a população já contatou a Companhia de Água e Esgoto do Estado do Ceará (Cagece), responsável pelo abastecimento da região, mas sem sucesso. "A gente vai se informar e não dão satisfação. Nem promessa".

Em nota, a Cagece informou que realizou reparos para solucionar o desabastecimento de água na cidade que, segundo a Companhia, foi "ocasionado devido a problemas técnicos na estação elevatória (equipamento que bombeia a água)". A empresa informou também que o retorno do recurso hídrico está ocorrendo de forma gradativa. 

A Cagece afirmou ainda que ocorrências como a evidenciada pelos moradores de Carité devem ser encaminhadas por meio do "Cagece App (disponível para Android e iOS), pela Central de Atendimento (0800 275 0195), disponível 24h por dia, ou, ainda pela Gesse, a assistente virtual da companhia, que atende pelo site www.cagece.com.br".

Quero receber conteúdos exclusivos sobre as regiões do Ceará

Assuntos Relacionados