Hotel Municipal de Juazeiro do Norte abrigará 49 idosos infectados pelo novo coronavírus

Os idosos infectados que serão isolados no Hotel são de um mesmo abrigo. Dos 64, 49 testaram positivo para a Covid-19

Legenda: O local está fechado há seis meses
Foto: Antonio Rodrigues

A partir da próxima segunda-feira (10), o Hotel Municipal de Juazeiro do Norte abrigará idosos que testaram positivo para a Covid–19. Ao todo, o espaço poderá abrigar até 50 pessoas. A decisão partiu após confirmação de 49 casos da doença em um mesmo abrigo no Município .

Os casos foram detectados no início do último mês de julho, pela Secretaria de Saúde de Juazeiro do Norte (Sesau), após visitar todos os abrigos da cidade. A princípio, oito idosos testaram positivo para o novo coronavírus. Já na última segunda-feira (27), após novos testes, mais 41 foram detectados com a covid-19. Todos estavam em tratamento no Hospital de Campanha.   

 

Segundo a secretária de Saúde, Glauciane Torres, como fazem parte do grupo de risco, no Hotel Municipal os idosos estarão sob o acompanhamento e cuidados de profissionais especializados. Alguns deles permanecerão no Hospital para concluir o tratamento ou serão encaminhadas da Unidade de Combate ao Covid-19, na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), no bairro Lagoa Seca. 

O trabalho de organização para receber os pacientes em quarentena já está sendo realizado e haverá uma equipe de acompanhamento, tanto da Sesau como da Secretaria Municipal do Trabalho e Desenvolvimento Social (Sedest), que atuará de forma integrada.   

Ainda em março, a Prefeitura de Juazeiro do Norte já preparava o equipamento, fechado há quase dois anos, para situações de emergência durante a pandemia da Covid-19. Em abril, ele voltou a ser visitado e recebeu limpeza e readequação de suas instalações. Já nesta semana, foi mobiliado e adaptado para um local de repouso e recuperação de pacientes. 

Histórico 

Inaugurado em 22 de julho de 1972, o prédio possui três andares e foi entregue, na época, com 43 apartamentos e três suítes, novidade terra do Padre Cícero, dominada, pelos “ranchos” - residências em que os moradores alugavam na época das romarias para os romeiros.  

Como o mais imponente de Juazeiro do Norte na década de 1970, por lá já passaram celebridades da música como Roberto Carlos, Nelson Gonçalves, Luiz Gonzaga, Ângela Maria, Jerry Adriani, Altemar Dutra, Núbia Lafayete, Diana, Agnaldo Temóteo, Odair José, Vando, Reginaldo Rossi, Elba Ramalho Zé Ramalho, Fagner. O local também já recebeu o ex-jogadores de futebol Pelé, Rivelino, Carlos Alberto Torres, Paulo César Caju e os comediantes Renato Aragão, Dedé Santana, Mussum e Zacarias, que formavam o quarteto do programa “Os Trapalhões”, sucesso na década de 1980.

Após 10 anos sob administração de um empresário local, batizado de Cariri Plaza Hotel, o prédio foi repatriado pela Prefeitura de Juazeiro do Norte em outubro de 2018, após o Termo de Acordo com o Tribunal de Justiça do Estado do Ceará chegar ao fim.

Você tem interesse em receber mais conteúdo da região do Ceará?