Concludentes denunciam instituição de ensino após não receberem diploma de graduação, em Juazeiro

Temendo terem sofrido um golpe, parte do grupo realizou um boletim de ocorrência na Delegacia do Município.

Legenda: Sede do Instituto Juazeiro de Ensino Superior, em Juazeiro do Norte
Foto: Guto Vital

Um grupo de cerca de 200 estudantes cobra o recebimento de seus diplomas de Ensino Superior após conclusão de cursos - alguns deles há quase quatro anos - , no Instituto Juazeiro de Educação Superior (Ijes), em Juazeiro do Norte, na região do Cariri. Parte deles acreditam que sofreram um golpe e realizaram um boletim de ocorrência na Delegacia Regional do Município.  

Alguns destes estudantes têm em mãos apenas uma declaração, já vencida, e o histórico, como é o caso de Déborah Santos iniciou seu curso de Pedagogia em 2012, tento concluído em 2016 e, até agora, não recebeu seu diploma.

“A certidão e o histórico só consegui após entrar na Justiça, mas já estão vencidos”, denuncia.  

A professora Dávila Pires, que foi aprovada no concurso público de Juazeiro do Norte, teme não poder ingressar no cargo, pois, ainda não recebeu o documento que comprova sua graduação. “A situação é muito angustiante, porque passei e se tiver convocação agora, não posso assumir”, desabafa.  

O grupo já conversou diversas vezes com a direção da Instituição e tentou alguns acordos, mas, até agora, sem resultado. “Se nega a certificar seus alunos”, garante a agente de endemias Maria do Socorro Costa 

Alguns estudantes fizeram um boletim de ocorrência na Delegacia Regional de Juazeiro do Norte. A Polícia Civil informou que o caso ainda não está sendo investigado, pois, o problema se trata de uma irregularidade administrativa, que deve ser resolvido entre os alunos e as entidades envolvidas, como o Ministério da Educação e o Instituto.  

Já a direção do Ijes afirmou, em nota, que “está tentando solucionar o problema com a instituição conveniada”. No entanto, não detalhou qual seria esta instituição, que seria a responsável por emitir os diplomas. 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre as regiões do Ceará