Marcelo Queiroga esteve com Michelle e chefes de Estado antes de testar positivo

O gestor da Saúde chegou a cumprimentar o primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johson, um dia antes do diagnóstico de Covid-19

Ministro da Saúde Marcelo Queiroga cumprimenta primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johson
Legenda: Após ficar “assintomático” na terça-feira (21), Queiroga, sentiu “sintomas leves” da Covid-19 nesta quarta-feira (22)
Foto: Reprodução/TV Globo

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, testou positivo para a Covid-19 na terça-feira (21), no entanto, dois dias antes do diagnóstico, ele se reuniu com chefes de Estado, investidores e com a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, em Nova York, Estados Unidos. As informações são do portal G1

O gestor fez parte da comitiva do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) durante a viagem ao país norte-americano. Na ocasião, o mandatário brasileiro participou da  Assembleia-Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), onde fez um discurso defendendo o tratamento precoce da Covid-19 durante a abertura do evento.

Pouco antes dos representantes retornarem ao Brasil, no fim da tarde de terça-feira, saiu o resultado confirmando a infecção de Queiroga, que ficou de quarentena em Nova York. O ministro tomou as duas doses da vacina contra a doença. 

Os demais integrantes da comitiva, incluindo o presidente, desembarcaram em Brasília na manhã desta quarta-feira (22). A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recomendou que eles fiquem em isolamento.

Agenda do ministro em Nova York

No domingo (19), Queiroga, Bolsonaro e os demais membros da comitiva comeram pizza em uma rua da cidade norte-americana.

Já segunda-feira (20), o gestor circulou por Nova York ao lado dos outros representantes brasileiros. Em um vídeo postado nas redes sociais, ele aparece fazendo um gesto obsceno para manifestantes contrários ao presidente. 

Segundo a agenda do ministro, ele compareceu aos seguintes compromissos: 

Segunda-feira (20):

  • Café da manhã com investidores no consulado do Brasil;
  • Encontro com o primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, junto com Bolsonaro;
  • Reunião com a primeira-dama, Michelle Bolsonaro.

Terça-feira (21):

  • Acompanhou Bolsonaro em encontro com o presidente da Polônia, Andrezj Duda;
  • Acompanhou Bolsonaro em encontro com o secretário-geral da ONU, Antonio Guterres;
  • Foi com Bolsonaro para a abertura da 76ª Assembleia-Geral da ONU;
  • Participou de reunião do Conselho Diretor da Organização Panamericana de Saúde (Opas);
  • Visitou o Memorial do 11 de Setembro.

Ministro apresenta estado febril

Após ficar “assintomático” na terça-feira, Queiroga, sentiu “sintomas leves” da Covid-19 nesta quarta-feira (22), segundo interlocutores do titular da Saúde relataram ao jornal Metrópoles. Ele teria apresentado estado "febril" e teve que ser medicado, mas já estaria melhor após a medicação. 

Com o aparecimento do sintoma, os auxiliares do gestor afirmaram que ele deve desistir de realizar um segundo teste de Covid-19 para contraprova do diagnóstico.