Bolsonaro é internado em hospital de São Paulo para investigar obstrução intestinal

A informação foi confirmada pelo médico-cirurgião responsável pela operação do presidente após a facada no abdome, em 2018

Escrito por Redação,

PontoPoder
Jair Bolsonaro
Legenda: Caso se confirme a hipótese, essa não será primeira vez que o político apresenta o quadro
Foto: Alan Santos/PR

O presidente Jair Bolsonaro (PL) está internado e realiza exames, desde as primeiras horas desta segunda-feira (3), para investigar uma suspeita de uma nova obstrução intestinal no hospital Vila Nova Star, São Paulo. A informação foi confirmada pelo médico-cirurgião responsável pelo procedimento após o gestor levar uma facada no abdome, em setembro de 2018, Antônio Luiz Macedo, em entrevista ao Uol

O profissional, que está em viagem nas Bahamas, informou que retornará ao país ainda nesta segunda, e deve se dirigir à capital paulista para tratar o político. A previsão de desembarque na cidade é no período da tarde. 

O Palácio do Planalto ainda não se manifestou sobre o caso. Assim que o fizer, será acrescentado neste material. 

Bolsonaro está sob tutela da equipe do médico e, como ainda está sendo investigado o quadro de saúde dele, não há certeza sobre a necessidade de realização de uma nova cirurgia, informou Antônio Luiz Macedo à publicação. O especialista ainda detalhou que, até o momento, a suspeita é de uma nova obstrução intestinal.

"Ele fará tomografia e mais exames para sabermos o que há no abdômen. Ainda não sabemos, mas pode ser causado, por exemplo, por alimento mal mastigado, entre outros fatores."
Antônio Luiz Macedo
médico-cirurgião

Se a hipótese se confirmar, essa não será a primeira vez que o presidente apresenta um quadro do tipo. Em julho de 2021, Bolsonaro ficou quatro dias internado na mesma unidade hospitalar para também tratar uma obstrução intestinal. Na época, a equipe médica chegou a cogitar submetê-lo a uma cirurgia, mas a possibilidade foi descartada após o intestino do paciente voltar a funcionar normalmente.

O avião da Força Aérea Brasileira (FAB) que transportava o gestor de Santa Catarina, onde ele passou uns dias de folga, pousou no aeroporto de Congonhas, em São Paulo, no início da madrugada desta segunda-feira. Do local, uma comitiva seguiu direto para o hospital Vila Nova Star. 

Histórico hospitalar

Desde o incidente da facada que levou no abdome, em Juiz de Fora, Minas Gerais, durante as eleições de 2018, o presidente já foi submetido a seis passagens por unidades hospitalares. São elas: 

  • 6 de setembro de 2018: Ainda candidato à presidência, Jair Bolsonaro é submete a uma operação de urgência, na Santa Casa de Misericórdia de Juiz de Fora (MG), após ser atacado por uma facada deferida por Adélio Bispo em ato de campanha; 
  • 12 de setembro de 2018: Bolsonaro é submetido a uma nova cirurgia de emergência, realizada no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, devido à complicação causada pela aderência das paredes do intestino; 
  • 28 de janeiro de 2019: Já como presidente da República, o político passa por uma nova cirurgia no Hospital Albert Einstein para a retirada da bolsa de colostomia; 
  • 8 de setembro de 2019: O gestor é submetido a outra cirurgia, no Hospital Vila Nova Star, São Paulo, para correção de uma hérnia incisional, localizada na região da área atingida pela facada; 
  • 25 de setembro de 2020: procedimento para retirada de cálculo na bexiga realizado no Hospital Vila Nova Star, São Paulo; 
  • 14 de julho de 2021: Bolsonaro ficou quatro dias internado no hospital Vila Nova Star para tratar uma obstrução intestinal.