Aliado de Camilo, deputado Pedro Bezerra é vaiado em solenidade com Bolsonaro no Cariri

O deputado federal é filho do ex-prefeito de Juazeiro, Arnon Bezerra. Ambos são aliados do governador cearense

Legenda: À direita da foto, conversando com a deputada estadual Silvana Oliveira (PL), o deputado federal Pedro Bezerra (PTB) estava no palanque com os convidados do presidente Jair Bolsonaro
Foto: Thiago Gadelha

Populares que participaram do evento de entrega de moradias na região do Cariri, com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), nesta sexta-feira (13), vaiaram o deputado federal cearense Pedro Bezerra (PTB).

Em determinado momento da solenidade, Bolsonaro citou nominalmente as lideranças presentes. Ao falar do parlamentar, houve reações negativas por parte do público simpático ao presidente. Pedro estava no palanque presidencial, participando do evento.

As falas eram de reprovação à presença do parlamentar no local da cerimônia. O Diário do Nordeste tentou contato com o deputado para repercutir o episódio, mas não obteve êxito nas tentativas.

Alianças

Pedro Bezerra é filho do ex-prefeito de Juazeiro do Norte, Arnon Bezerra (PTB). Os dois são aliados do governador Camilo Santana (PT) no Estado, adversário de Bolsonaro.

O PTB no Ceará, no entanto, que era da base aliada do governador, passou para a oposição. Tanto é que Pedro Bezerra foi destituído da presidência estadual do partido para dar lugar ao advogado Fellipe Cavalcante, filho do deputado estadual Delegado Cavalcante (PSL), aliado do núcleo duro de Bolsonaro.

O deputado chegou a registrar nas redes sociais a participação no evento desta sexta.

Panos quentes

Em meio à saia justa no evento, o presidente Jair Bolsonaro tentou colocar panos quentes na situação. 

As manifestações vindo do povo são sempre bem-vindas. Dificilmente teremos um político que já não passou por situações antagônicas. Isso serve para redirecionar muitas vezes o nosso trabalho. Raramente vamos encontrar um político que não tenha sido aplaudido ou vaiado, mas faz parte da regra do jogo
Jair Bolsonaro
Presidente da República


Assuntos Relacionados