Tire todas as dúvidas sobre o cadastro da vacinação contra Covid-19 no Ceará

O Diário do Nordeste preparou passo a passo sobre a imunização contra o novo coronavírus no Estado

Vacina contra Covid-19 em embalagem
Legenda: Além de catalogar os cearenses que deverão tomar a vacina, o cadastro servirá, também, como um censo integrado com os municípios do Estado.
Foto: José Leomar

O Cadastro Estadual para vacinação contra a Covid-19 foi lançado no dia 8 de março pela Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) e está aberto a todos os cearenses com mais de 18 anos até o próximo sábado (27). Ao longo desta matéria esclarecemos as principais dúvidas sobre o cadastro e as etapas da vacinação no Estado.

Além de catalogar a população que deverá tomar a vacina, o sistema servirá, também, como um censo integrado com os municípios cearenses. Assim, a vacinação pode contar com mais transparência e melhor organização do plano estadual de imunização. 

Como fazer o cadastro para a vacina contra Covid-19?

Quem quiser realizar o cadastro deve acessar a página do Saúde Digital para preenchimento do formulário. Nela, haverá a opção "Ainda não tenho cadastro", a qual deverá ser clicada pelo usuário.

Página para cadastro da vacinação no Saúde Digital
Legenda: Na página, o usuário deverá preencher um formulário com dados que serão armazenados pela Sesa.
Foto: reprodução/Saúde Digital

O usuário deverá preencher dados básicos, como nome, CPF, local de nascimento e País de origem antes de passar para a próxima página.

Página do Saúde Digital
Legenda: A segunda página do cadastro faz uma espécie de triagem sobre a inclusão ou não do usuário em grupos prioritários.
Foto: reprodução/Saúde Digital

Na segunda página, o usuário deverá informar se faz uso de imunoglobina, é acamado ou faz parte de algum grupo destacado nas fases iniciais da vacinação. Após responder "sim" ou "não" na maioria das perguntas, a pessoa é convidada a ir a uma terceira página.

Página do cadastro no Saúde Digital
Legenda: Na terceira página do cadastro, o usuário informa dados sobre sua localização.
Foto: reprodução/Saúde Digital

Nela, o usuário deverá incluir dados sobre sua localização em território cearense. As informações servirão para posterior agendamento da pessoa para receber a vacina.

Após o preenchimento, o usuário é direcionado para uma quarta página, na qual deverá confirmar os dados principais, informar que não se trata de um robô e fornecer uma senha de acesso e um e-mail para confirmação do cadastro.

O agendamento da vacinação está disponível?

O público deve verificar o Cadastro Estadual de vacinação no site Saúde Digital. Os agendamentos, contudo, são realizados pelas secretarias municipais da Saúde integradas à plataforma.

Cada município deve informar a agenda adotada, os locais de vacinação e os horários para o público receber o imunizante. A Sesa inclusive ofereceu treinamento para que as pastas municipais pudessem ter autonomia nos agendamentos.

Entretanto, nem todos os municípios aderiram ao cruzamento de dados na plataforma, como é o caso de Fortaleza. Na Capital, o agendamento é divulgado em site criado pela Secretaria Municipal da Saúde (SMS). Procedimento similar ocorre com outros municípios que não aderiram à base de dados da Sesa e suas respectivas secretarias.

Quem pode se cadastrar para receber vacina?

Todo cidadão maior de 18 anos pode realizar o cadastro. No entanto, o agendamento da imunização dependerá da chegada de doses e do avanço das fases de vacinação previstas.

O que e quais são os grupos prioritários?

De acordo com o Ministério da Saúde, os grupos prioritários são os de maior risco de contágio da Covid-19. No primeiro grupo prioritário, estão segmentos da população como pessoas com deficiência ou 60 anos ou mais e sejam institucionalizadas (que moram em asilos, abrigos ou residências inclusivas, por exemplo); população indígena, trabalhadores da área da Saúde e idosos com mais de 75 anos.

Os segmentos acima foram estabelecidos para receberem as doses da vacina na primeira fase da imunização. Ao todo, há quatro fases previstas.

Veja os demais grupos prioritários

Neste momento, o Estado está iniciando a segunda fase da vacinação. Nela, são previstos povos e comunidades tradicionais quilombolas e pessoas de 60 a 74 anos.

A terceira fase contará pessoas com comorbidades ou deficiências permanentes e graves. A Sesa publicou lista com as doenças classificadas como comorbidades.

Já a quarta fase focará outros grupos como trabalhadores da Educação Básica e Superior, do ramo de transportes (caminhoneiros, coletivo rodoviário, metroviário, ferroviário, aéreo e aquaviário), da indústria, de forças de segurança e salvamento. Funcionários do sistema de privação de liberdade e das Forças Armadas também são aptos a receber a vacina nessa fase.

Chegou o dia da vacinação. O que preciso levar?

Quem for se vacinar deve levar documento oficial com foto (RG, habilitação ou carteira de trabalho) e comprovante de endereço atualizado (conta de luz, água ou telefone, por exemplo).

Caso seja um trabalhador da Saúde, é necessário, também, a carteira profissional e/ou comprovação do local de trabalho com data (exemplo: Fortaleza, 23 de março de 2021).

Quem já recebeu a 1ª dose deve se cadastrar?

Segundo a Sesa, não é necessário cadastro. Quem tomou a primeira dose será chamado no tempo determinado para recebimento do reforço.

Posso mudar dados após me cadastrar?

A Sesa indica que dados como CPF, CNS (cartão SUS), e-mail, telefone, nome da mãe e raça/cor não podem ser mudados. Outros dados podem, sim, sofrer alterações.

O que fazer se eu não receber o e-mail de confirmação do cadastro?

Veja se a mensagem não chegou à lixeira ou como spam ao seu e-mail. Além disso, a Sesa ofereceu número gratuito para o público realizar a confirmação.

Além disso, a Sesa disponibiliza o telefone 0800 275 1475 para eventuais questionamentos sobre a imunização. Caso a dúvida seja relativa à vacinação em Fortaleza, o número é o 156.

Há, também, o número (85) 984390647, do Plantão Coronavírus, também disponibilizado pela Sesa.

 

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza