Saiba o que fazer se estiver com sintomas gripais no dia do agendamento da vacina contra a Covid-19

Não há riscos em relação à segurança e eficácia, mas a vacinação neste período pode dificultar o diagnóstico da doença quando necessário

Escrito por Bruna Damasceno, bruna.damasceno@svm.com.br

Metro
Profissional prepara seringa para aplicação da vacina
Legenda: Quando descartada a contaminação pela Covid, o prazo é de 15 dias para receber a vacina, a contar do primeiro dia de sintoma
Foto: José Leomar / SVM

A imunização contra a Covid-19 deve ser adiada de 15 a 30 dias (ver casos abaixo) quando há sintomas gripais ou outros quadros respiratórios com sinais semelhantes aos do novo coronavírus. Portanto, pessoas já agendadas para receber uma dose, mas que se enquadram nestas situações no dia da vacinação devem aguardar. 

A recomendação é para evitar confusões entre os efeitos adversos da vacina e uma doença gripal em evolução no período. Não há, portanto, riscos em relação à segurança e eficácia dos imunizantes.

Em Fortaleza, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) orienta realizar um exame para detectar se houve a contaminação pela Covid-19. Quando descartada, o prazo é de 15 dias para receber a vacina, a contar do primeiro dia de sintoma. Mas, quando há a confirmação, deve-se esperar 30 dias a partir do início do quadro.

Após o período, a pessoa deve procurar um dos pontos de vacinação e apresentar o comprovante da data do agendamento, documentos pessoais e exames que comprovem a contaminação pela Covid ou o quadro gripal. 

Na Capital, são 109 locais, sendo 100 postos de saúde (ver endereços abaixo), cinco shoppings: RioMar Fortaleza, RioMar Kennedy, Iguatemi, Centro de Eventos e Sesi Parangaba. Há, ainda, os quatro Cucas: Barra do Ceará, Jangurussu, Mondubim e José Walter.

Veja live com a coordenadora das Regionais em Saúde, Fabiana Sales, sobre o assunto:

O que acontece com a pessoa que se vacinar com Covid-19

A Sociedade Brasileira de Imunizações (Sbim) explica não haver evidências, até o momento, de preocupação com a segurança na vacinação de pessoas que tiveram Covid-19 ou têm anticorpos contra a doença detectáveis. 

Segundo a entidade, também é improvável que a imunização de pessoas infectadas assintomáticas ou no período de incubação cause algum prejuízo.

De todo modo, aponta, a vacinação de pessoas com quadro respiratório sugestivo de infecção do novo coronavírus em atividade deve ser adiada, conforme especificado acima. 

A vacina só deverá ser aplicada após a recuperação clínica total ou, no caso de assintomáticos, quatro semanas a partir da primeira amostra de RT-PCR positiva.

Fortaleza retoma aplicação da primeira dose

Após interrupção em razão da falta de imunizantes, Fortaleza retomou, nessa quarta-feira (4), a aplicação da 1ª dose de vacina contra a Covid-19.

Na quarta e quinta-feiras, estão sendo vacinados nascidos até 1996. As listas com os nomes das pessoas podem ser consultadas. Veja:

>> Veja lista de agendados para D1 da quinta-feira (5)

>> Veja lista de agendados para D2 da quinta-feira (5)

O que fazer quem perdeu a primeira dose 

De acordo com a Secretaria Muncipal de Saúde (SMS), apenas três motivos permitem que os agendados sejam atendidos fora do prazo: quando a pessoa tomou outra vacina no período, estava com Covid-19 ou sintomas gripais na data ou estava viajando a trabalho.

Essa flexibilização ocorre porque em ambas as situações é necessário o cumprimento de quarentena antes da imunização. Veja abaixo como proceder nestes casos. 

Pessoas que estavam com Covid-19 ou doentes

Pessoas que foram contaminadas pelo novo coronavírus devem esperar 30 dias após o primeiro dia sintoma para tomar a vacina contra a doença.

Ou aqueles que não puderam comparacer porque apresentaram sintomas da Covid-19 no período, mas depois testaram negativo para a doença. Neste caso, a quarentena é de 15 dias. 

Em ambos os casos, após esse período de quarentena, é possível comparecer a qualquer centro de imunização para ser vacinado. 

Para isso, é obrigatório levar o comprovante do agendamento e o teste que prove a contaminação ou o quadro gripal.  

A SMS frisa que a contagem desta quarentena começa a partir do primeiro dia de sintoma - e não da data do exame. 

Quem tomou outra vacina precisa esperar

Pessoas que tomaram outras vacinas, como a da gripe, devem esperar 14 dias antes de tomar o imunizante contra a Covid-19. Cumprida essa quarentena, basta comparecer a um ponto de vacinação, levando o comprovante da vacina tomada e do agendamento. 

Pessoas que viajaram a trabalho

Pessoas que tiverem de realizar viagem corporativa na data agendada da aplicação da primeira dose também podem comparecer aos locais sem agendamento. É necessário levar, também, a declaração da empresa para comprovar a viagem a trabalho. 

Quem perdeu a data por outros motivos

Pessoas em qualquer outra situação que não esteja enquadrada nas citadas acima devem esperar a repescagem. A SMS informa que tem feito ações para os faltosos, mas depende de doses remanescentes para isso ocorrer. Portanto, é fundamental que as pessoas acompanhem a data e compareçam no dia e local agendados. 

Pessoas a partir de 40 anos

A SMS liberou a vacinação contra a Covid-19 sem a necessidade de agendamento prévio para as pessoas a partir de 40 anos que ainda não receberam a primeira dose.

Para receber a primeira dose, é necessário realizar o cadastro no site Saúde Digital (ver o passo a passo abaixo).

Após a confirmação, por e-mail, da efetivação do cadastro, a pessoa pode buscar um dos locais de vacinação para se imunizar. 

PASSO A PASSO PARA CADASTRO NO SAÚDE DIGITAL

  1. Acesse o site Saúde Digital
  2. Selecione a opção "Ainda não tenho cadastro"
  3. Identifique-se preenchendo corretamente seus dados
  4. Nesta etapa do cadastro, deve ser informado se a pessoa está acamada, se tem alguma comorbidade e profissão. A Prefeitura realiza agendamento seguindo a sequência definida na Comissão Intergestores Bipartite N°40 (CIB/CE), e conforme as prioridades definidas pelo Ministério da Saúde (MS) para esta etapa da vacinação.
  5. Confirme seus dados e crie uma senha de acesso ao cadastro
  6. Finalize o cadastro e aguarde seu agendamento.
  7. Em Fortaleza, é possível acompanhar a lista de agendados no site. Os nomes são divulgados diariamente. Os beneficiários também recebem a orientações sobre data, horário e local, por e-mail e WhatsApp, próximo ao dia do atendimento.

E-MAIL DE CONFIRMAÇÃO DO CADASTRO NÃO CHEGOU

Nesse caso cheque todas as caixas do seu e-mail como "spam" e "lixeira". Caso não encontre a mensagem, a Sesa disponibiliza o telefone gratuito 0800 275 1475 para questionamentos sobre o Cadastro Estadual de Vacinação. 

No site da Sesa e do Governo do Ceará está disponível também o assistente virtual "Plantão Coronavírus". 

Caso a dúvida seja relacionada à imunização em Fortaleza, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) tem o número 156.

COMO ACESSAR O CADASTRO DE VACINAÇÃO? 

Quem deseja acessar o seu cadastro deve entrar na plataforma Saúde Digital e clicar em "Já tenho cadastro". O acesso é feito com o CPF e a senha criada no ato do cadastramento. 

ALTERAÇÕES NO CADASTRO

Para quem vai se vacinar, é permito mudar somente o número de telefone fornecido após a conclusão do cadastro.

Já para as gestões municipais, é possível criar e alterar perfil para vacinadores e a liberação de agendadas por comorbidade.

LOCAIS DE VACINAÇÃO EM FORTALEZA

100 POSTOS DE SAÚDE

Regional I

  • Airton Monte (Rua Alberto Oliveira, s/n - Jardim Iracema)
  • Carlos Ribeiro (Rua Jacinto Matos, 944 – Jacarecanga)
  • Casemiro Filho (Av. Francisco Sá, 6449 - Barra do Ceará)
  • Francisco Domingos (Avenida Castelo Branco, 4707 - Barra do Ceará)
  • Fernando Façanha (Rua Rio Tocantins, s/n - Jardim Iracema)
  • Floresta (Rua Ten. José Barreira, 251 - Álvaro Weyne)
  • Guiomar Arruda (Rua General Costa Matos, 06 – Pirambu)
  • Maria Aparecida (Av. K, 915 - Vila Velha)
  • Lineu Jucá (Rua Vila Velha, 101 - Barra do Ceará)
  • Paulo de Melo (Rua Bernardo Porto, 497 - Monte Castelo)
  • 4 Varas (Rua Profeta Isaías, 456 – Pirambu)
  • Rebouças Macambira (Rua Creuza Rocha, s/n - Jardim Guanabara)
  • Virgílio Távora (Av. Mons. Hélio Campos, s/n - Cristo Redentor)
  • Zenirton Pereira (Rua José Roberto Sales, 475 – Barra do Ceará)

Regional II

  • Aida Santos e Silva (Rua Trajano de Medeiros, 813 - Vicente Pinzón)
  • Benedito Arthur de Carvalho (Rua Jaime Leonel, 228 - Luciano Cavalcante)
  • Flávio Marcílio (Av. Abolição, 416 – Mucuripe)
  • Frei Tito (Rua José Cláudio Costa Lima, 100 - Praia do Futuro)
  • Irmã Hercília Aragão (Rua Frei Vidal, 1821 – São João do Tauape)
  • Miriam Porto Mota (Rua Cel. Jucá, 1636 – Aldeota)
  • Odorico de Morais (Rua Esperantina, s/n - Cais do Porto)
  • Pio XII (Rua Belizário Távora, s/n - Pio XII)
  • Rigoberto Romero (Rua Alameda das Graviolas, 195 - Cidade 2000)

Regional III

  • Anastácio Magalhães (Rua Delmiro de Farias, 1679 - Rodolfo Teófilo)
  • César Cals de Oliveira Filho (Rua Pernambuco, 3172 – Pici)
  • Clodoaldo Pinto (Rua Banward Bezerra, 100 - Padre Andrade)
  • Cdfam Profº Gilmário Mourão (Rua Pernambuco, 1674 – Pici)
  • Eliézer Studart (Rua Tomáz Cavalcante, 546 - Autran Nunes)
  • Fernandes Távora (Rua Maceió, 1354 - Henrique Jorge)
  • Francisco Pereira De Almeida (Rua Paraguai, 351 - Bela Vista)
  • George Benevides (Rua Pio Saraiva, 168 - Quintino Cunha)
  • Hermínia Leitão (Rua Gen. Couto, 470 - Quintino Cunha)
  • Humberto Bezerra (Rua Hugo Victor, 51 - Antônio Bezerra)
  • Lícinio Nunes De Miranda (Rua 06, s/n - Quintino Cunha)
  • Luís Recamonde Capelo (Rua Maria Quintela, 935 – Bonsucesso)
  • Mariusa Silva Sousa (Rua Araça, s/n – Bonsucesso)
  • Meton de Alencar (Rua Perdigão Sampaio, 820 - Antônio Bezerra)
  • Sobreira de Amorim (Rua Des. Luís Paulino, 190 - Jóquei Clube)
  • Waldemar Alcântara (Rua Silveira Filho, 903 - Jóquei Clube)

Regional IV

  • Abel Pinto (Travessa Goiás, s/n - Demócrito Rocha)
  • Dom Aloiso Lorscheider (Rua Betel, 1895 – Itaperi)
  • Francisco Monteiro (Av. Dos Eucaliptos, s/n – Dendê)
  • Gothardo Peixoto F. Lima (Rua Irmã Bazet, 153 - Damas)
  • Gutemberg Braun (Rua Monsenhor Agostinho, 505 - Vila Peri)
  • Jose Valdevino Carvalho (Rua Guará, S/N – Itaoca)
  • Oliveira Pombo (Rua Rio Grande do Sul, s/n - Couto Fernandes)
  • Antônio Ciríaco (Rua Gomes Brasil, 555 – Parangaba)
  • Roberto Bruno (Av. Borges de Melo, 910 – Fátima)
  • Turbay Barreira (Rua Gonçalo Souto, 420 - Vila União)

Regional V

  • Argeu Herbster (Rua Geraldo Barbosa, 1095 - Bom Jardim)
  • Dom Lustosa (Rua A, s/n - Granja Lisboa)
  • Edmilson Pinheiro (Av. H, 2191 - Granja Lisboa)
  • Fernando Diógenes (Rua Teodoro de Castro, s/n - Granja Portugal)
  • Graciliano Muniz (Rua 106, 345 - Conjunto Esperança)
  • Guarany Mont'alverne (Rua Geraldo Barbosa, 3230 - Granja Lisboa)
  • João Pessoa (Rua Rubi, s/n – Jardim Jatobá)
  • João Elísio Holanda (Rua Juvêncio Sales, s/n – Aracapé)
  • José Galba de Araújo (Av. Sen. Fernandes Távora, 3161 - Genibaú)
  • José Paracampos (Rua Alfredo Mamede, 250 – Mondubim)
  • Jurandir Picanço (Rua Duas Nações, s/n - Granja Portugal)
  • Luciano Torres de Melo (Rua Delta, 365 - Manoel Sátiro)
  • Luiza Távora (Travessa São José, 940 – Mondubim)
  • Maciel de Brito (Av. A, s/n - 1ª etapa Conjunto Ceará)
  • Parque São José (Rua Des. Frota, s/n - Parque São José)
  • Pedro Celestino (Rua Gastão Justo, 215 - Maraponga)
  • Pontes Neto (Rua 541, nº 150 - 2ª etapa Conjunto Ceará)
  • Regina Maria Severino (Rua Itatiaia, 889 – Canindezinho)
  • Régis Jucá (Av I, 618 – Mondubim)
  • Ronaldo Albuquerque (Av I, s/n - Conj. Ceará/Genibaú)
  • Siqueira (Rua. Eng. Luís Montenegro, 485 – Siqueira)
  • Viviane Benevides (Rua João Areas, 1296 - Manoel Sátiro)

Regional VI

  • Alarico Leite (Av. dos Paroaras 301 – Passaré)
  • Anísio Teixeira (Rua Guarany, 355 - Pq. Itamaraty)
  • César Cals de Oliveira (Rua Capitão Aragão, 555 - Alto da Balança)
  • Edilmar Norões (Rua H, 319 - Parque Dois Irmãos)
  • Edmar Fujita (Av. Alberto Craveiro, 1480 - Boa Vista)
  • Evandro Ayres de Moura (Av. Castelo de Castro, s/n - Conj. Palmeiras)
  • Acrísio Eufrasino de Pinho (Cruzamento das ruas 12 e Palmeiras dos Índios – Pedras)
  • Escola Municipal Bárbara de Alencar - Uaps Fausto Freire (Av. Isabel Bezerra, 416 - Parque Santa Maria)
  • Galba de Araújo (Av. Recreio, 1390 – Lagoa Redonda)
  • Hélio Góes Ferreira (Av. Eng. Leal Limaverde, 453 – Sapiranga)
  • Jangurussu (Rua Estrada do Itaperi, 146 - Passaré)
  • Janival de Almeida (Rua Coelho Garcia, 25 – Passaré)
  • João Hipólito (Rua 03, nº 88 - Dias Macêdo)
  • José Barros de Alencar (Rua José Nogueira, 180 – Pedras)
  • Luís Franklin (Rua Alexandre Vieira, s/n - Coaçu)
  • Manoel Carlos Gouveia (Av. Des. Faustino Albuquerque, 486 - Jardim das Oliveiras)
  • Maria de Lourdes (Rua Reino Unido, 115 – Jardim das Oliveiras)
  • Maria Grasiela (Rua Edésio Monteiro, 1450 - Santa Fé)
  • Marcus Aurélio Rabelo (Rua Iracema, 1100 - Santa Filomena)
  • Mattos Dourado (Av. Des. Floriano Benevides, 391 - Edson Queiroz)
  • Melo Jaborandi (Rua 315, nº 80 – Jangurussu)
  • Messejana (Rua Guilherme Alencar s/n - Messejana)
  • Monteiro de Moraes (Av. Evilásio Miranda s/n - Sapiranga Coité)
  • Osmar Viana (Av. Chiquinha Gonzaga, s/n – Jangurussu)
  • Otoni Cardoso do Vale (Rua José Teixeira Costa, 643 – Paupina)
  • Pompeu Vasconcelos (Rua 05, s/n, Conj. João Paulo II – Barroso)
  • Sítio São João (Rua Verde Cinco, 71 – Jangurussu)
  • Terezinha Parente (Rua Nelson Coelho 209 – Lagoa Redonda)
  • Waldo Pessoa (Rua Cap. Hugo Bezerra, 75 – Barroso)

13 Centros de Vacinação
- Centro de Eventos (salões Pecém, Taíba e Jericoacoara)
- Arena Castelão
- Shopping RioMar Fortaleza (Papicu)
- Shopping RioMar Kennedy
- North Shopping Jóquei
- Sesi Parangaba
- Cuca Barra
- Cuca Jangurussu
- Cuca José Walter
- Cuca Mondubim
- Policlínica Dr. Luiz Carlos Fontenele
- Policlínica Dr. Lusmar Veras Rodrigues 
- Policlínica Dr. José Eloy da Costa Filho