Resultados de testes Covid RT-PCR em 9 UPAS de Fortaleza agora saem em 24h; veja locais

Celeridade é resultado de parceria entre a Fiocruz Ceará e do Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar (ISGH), iniciada na última terça-feira (2)

Escrito por Redação, metro@svm.com.br

Metro
Exames realizados em parceria com a Fiocruz agora saem em 24h
Legenda: Reforço é consequência de parceria com a Fiocruz e deve reduzir o fluxo de pacientes nas unidades de saúde
Foto: Reprodução

Nove das doze Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) em Fortaleza aceleraram o tempo para diagnóstico de Covid-19: o resultado do teste RT-PCR agora está disponível em até 24h, um terço do tempo anterior, que chegava a três dias.

O exame é necessário para direcionar o paciente com sintomas respiratórios para rede especializada. Previamente, os atendidos precisavam ficar acomodados em leitos até a conclusão do exame. 

O reforço chegou à rede de atendimento na última terça-feira (2) e é resultado de parceria entre a unidade cearense da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz-CE) e o Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar (ISGH), que gerencia os nove centros de atendimento na Capital. 

Bairros de Upas com testes mais rápidos:

  • Autran Nunes; 
  • Canindezinho; 
  • Conjunto Ceará;.
  • Cristo Redentor;
  • Itaperi; 
  • Jangurussu; 
  • Jośe Walter; 
  •  Messejana;
  • Praia do Futuro.

Considerado o exame mais eficiente para diagnóstico da doença, cada unidade aplica, pelo menos, 40 testes RT-PCR por dia. Camila Machado, diretora de Gestão e Atendimento das UPAs, explica que, apesar do número parecer pequeno, é um volume significativo.

“Quando a gente aguardava esses exames até 72h, [o paciente] passava até 72h na unidade sem necessidade. Isso impacta na saída do paciente. Com isso, a gente dá uma maior segurança tanto para o profissional que está lá. Eu diminuo a carga de exaustão desse profissional com o número de pacientes que estão dentro da unidade, mas também eu dou um conforto a mais para o paciente”, avalia. 

Eduardo Ruback, coordenador do laboratório de biologia molecular da Fiocruz Ceará, salienta a parceria, que deve contribuir para a demanda de testagem Covid-19 na rede de saúde pública.

“Nos permite receber essas amostras emergenciais de forma mais rápida e sabendo dessa urgência nós podemos acelerar a liberação desses laudos”, pontua o gestor, também doutor em biofísica. 

Testagem em massa

No Ceará, até às 8h53 desta sexta-feira (5), 1.280.736 exames para diagnóstico da infecção causada pelo Sars-Cov-2. O RT-PCR é maioria: foram 660.510 testes da modalidade aplicados, o que corresponde a 44,44% de todos os procedimentos feitos no Estado.

Em seguida aparecem os testes rápidos, com 632.682 aplicações. Em Fortaleza, a proporção é semelhante. Dos 429.128 exames realizados na Capital, 296.429 utilizavam o método swab. As informações são do IntegraSUS, painel da Secretaria de Saúde do Ceará (Sesa) que acompanha o andamento da pandemia em território cearense. 

Atualmente, a unidade no bairro Itaperi, em Fortaleza, concentra o maior número de exames positivos para Covid-19. Segundo o Acompanhamento dos atendimentos por Síndrome Gripal, também disponível na plataforma da Sesa, 2.675 amostras reagiram ao vírus. Em seguida, aparece o acolhimento nos bairros Jangurussu (2.281) e Cristo Redentor (1.586).  

Veja a quantidade de testes positivos já realizados em cada UPA:

  • Autran Nunes:  1.034
  • Canindezinho: 854 
  • Conjunto Ceará: 1.075
  • Cristo Redentor: 1.586
  • Itaperi: 2.675
  • Jangurussu: 2.281 
  • Jośe Walter: 1.326
  • Messejana: 1.367
  • Praia do Futuro: 1.204

Assuntos Relacionados