Prédio atingido por fogo abriga Tribunal de Justiça do Ceará desde 1986

O TJCE funcionou em outros três locais de Fortaleza. Antes da década de 1980, órgão máximo do Poder Judiciário do Ceará era sediado no Centro

TJCE
Legenda: O incêndio no Palácio da Justiça já foi controlado pela equipe do Corpo de Bombeiros. As chamas começaram pelo almoxarifado, segundo o TJCE
Foto: Divulgação

O prédio do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), no Cambeba, em Fortaleza, que sofreu um incêndio iniciado na madrugada desta segunda-feira (6), é o quatro imóvel a receber o órgão máximo do Poder Judiciário do Ceará. Desde novembro de 1986, o Tribunal funciona na edificação de arquitetura moderna localizada no Centro Administrativo, um complexo que abriga ainda outras sedes de órgãos do Poder Executivo e judiciário na Capital. 

A sede do TJCE que pegou fogo foi inaugurada em 12 de novembro de 1986. Mas, a transferência total das atividades para o local ocorreu somente em janeiro de 1987. O novo tribunal começou a ser usado pelo Poder Judiciário na gestão do ex-governador Gonzaga Mota. 

Conforme a assessoria do Tribunal de Justiça, o fogo foi controlado no final da manhã desta segunda-feira (6) pelas equipes do Corpo de Bombeiros. As chamas atingiram o almoxarifado do prédio e três andares da área administrativa. 

Reportagem do Diário do Nordeste feita à época da inauguração do prédio do TJCE, aponta que, inicialmente o edifício foi projetado ainda em 1982 para abrigar a sede da Secretaria da Fazenda, contudo, acabou sendo doado por Gonzaga Mota ao Judiciário para receber o Palácio da Justiça

tribunal de justiça
Legenda: Atual sede do TJCE foi inaugurada em 12 de novembro de 1986
Foto: Stênio Saraiva

A edificação é considerada grandiosa com linhas arquitetônicas modernas. Quando foi construída ocupava uma área de 22 mil metros quadrados, com três andares e um subsolo para garagem. Na época, a projeção foi de que a obra custou cerca de 26 milhões de cruzados.

A edificação teve o projeto inicial feito pelo arquiteto Roberto Martins Castelo, em parceria com o arquiteto Nearco Barroso Guedes de Araújo e a versão final contou com a colaboração da arquiteta Maria do Carmo de Lima Bezerra.

Confira antigas sedes do TJCE

Antes de ser transferida para o Cambeba, a sede do TJCE passou por alguns prédios do Centro de Fortaleza. 

A primeira foi na antiga Rua Amélia, hoje Senador Pompeu, 28, conforme registro no Memorial do próprio TJCE.   

tjce
Legenda: Edificação na rua Senador Pompeu, número 28.
Foto: Divulgação: Acervo TJCE

A segunda foi o Sobrado Dom José Lourenço, na Rua Major Facundo, 154, Centro. A família Lourenço teria alugado o prédio ao Tribunal de Relação de Fortaleza, repartição judicial correspondente ao Tribunal da Justiça do Estado. 

tjce
Legenda: O Sobrado Dom José Lourenço, no Centro de Fortaleza, também já serviu como sede
Foto: Fabiane de Paula

A terceira foi também no Centro, na Rua Barão do Rio Branco, 1200. Depois de lá, a sede do TJ foi para o Cambeba. Em janeiro de 2020, o TJ doou ao Governo do Estado o antigo prédio do Palácio da Justiça, para que seja instalada uma nova unidade do Vapt Vupt. 

tjce
Legenda: terceira seda na Rua Barão do Rio Branco, 1200, Centro
Foto: Kid Júnior

Na época da mudança da sede do TJCE para o Cambeba, o então governador do Ceará Gonzaga Mota, segundo registros do Diário do Nordeste, proferiu a seguinte declaração no dia 12 de novembro de 1986: 

“O Governo do Estado do Ceará experimenta um dos seus momentos mais gloriosos, porque realiza um sonho há muito acalentado: dotar o Poder Judiciário de instalações mais dignas e compatíveis com a grandiosidade da Corte e o valor de seus integrantes”. 
Gonzaga Mota

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza