Fortaleza lança programa de monitoria que paga R$ 200 para alunos da rede pública

As bolsas serão destinadas aos estudantes que se destacarem nas áreas de português e matemática

Escrito por Carol Melo,

Metro
Estudante
Legenda: Supervisionados por professores, o bolsistas compartilharão com os outros colegas o conhecimento que possuem
Foto: Camila Lima

No Dia do Estudante, comemorado nesta quinta-feira (11), a Prefeitura de Fortaleza lançou um programa de monitoria para os alunos da rede pública municipal de educação. Destinado prioritariamente aos estudantes do ensino fundamental II, o projeto Bolsa Nota 10 pagará R$ 200 para aos participantes. 

"Quero abraçar toda a classe estudantil. Dizer que não há transformação fora do conhecimento e é ele que muda e transforma. E conhecimento a gente aprende na escola."
Sarto Nogueira
prefeito de Fortaleza

O gestor assinou a mensagem de criação da iniciativa, que deve ser enviada à Câmara de Vereadores, durante transmissão ao vivo nas redes sociais.

A iniciativa selecionará alunos que se destacam nas disciplinas de português e matemática. Supervisionados por professores, os bolsistas compartilharão com os outros colegas o conhecimento que possuem nas áreas. 

Ao todo, o programa ofertará 2 mil bolsas de monitoria, no valor de R$ 200, aos estudantes da rede pública municipal de Fortaleza, sendo 500 delas já a partir de setembro, informou Sarto. 

Os selecionados para participar do projeto devem atuar durante 12 horas semanais. As atividades da iniciativa poderão acontecer durante o turno regular do discente, ou no contraturno. No total, cada bolsa terá a duração de 10 meses, podendo ser renovada por igual período, conforme necessidade escolar.    

O objetivo do Bolsa Nota 10 é contribuir para o desenvolvimento e formação integral dos estudantes, a partir do compartilhamento de conhecimento e colaboração mútua. Segundo Sarto Nogueira, a ideia do projeto nasceu de uma experiência pessoal.

"Quando eu estudava, professores escolhiam os alunos que se destacavam, principalmente em português e matemática, e nomeava: 'você agora vai ensinar metade dessa turma aqui o que você sabe, e nós vamos fazer uma competição entre esse lado contra esse lado'", relembrou o gestor.

Retorno das aulas

A Bolsa Nota 10 integra o pacote de Volta às Aulas da Rede Municipal de Ensino. Nesta terça-feira (10), a Secretaria Municipal da Educação (SME) divulgou o resultado da seleção pública de agentes escolares, que também integra a iniciativa. 

No total, são mais de 1.300 vagas para agentes escolares, que atuarão nas ações para integração dos alunos, identificação de possíveis situações de abandono e apoio à gestão na rotina escolar.

Os colaboradores devem assumir as funções ainda na primeira quinzena de agosto. Até a próxima quinta-feira (12), as unidades escolares entrarão em contato com os candidatos aprovados, conforme ordem de classificação e vagas disponíveis, para iniciarem o processo de formação para o desempenho das atividades.

A chegada dos agentes ampliará a abrangência da atuação, com o raio de monitoramento voltado aos alunos de uma única escola, possibilitando um maior rastreio e acompanhamento da frequência escolar. O número de colaboradores por escola depende da tipificação da unidade de ensino, variando de 1 a 4 agentes.

Confira o resultado da seletiva abaixo: