Escola no Eusébio suspende aulas presenciais após 8 funcionários testarem positivo para Covid-19

Circular comunicando a suspensão foi enviada aos pais na noite da última terça-feira (6). Unidade retornou com ensino híbrido há duas semanas

Legenda: De acordo com protocolo de retorno traçado pelo Governo do Estado, para que a unidade escolar tenha permissão, funcionários devem ser submetidos à testagem para novo coronavírus (Sars-Cov-2)
Foto: Camila Lima

Uma escola no município do Eusébio, Região Metropolitana de Fortaleza, suspendeu as aulas presenciais após oito funcionários da instituição testarem positivo para o novo coronavírus (Sars-Cov-2). A decisão foi comunicada aos responsáveis na noite da última terça-feira (6). De acordo com a Secretaria de Saúde do Eusébio, a unidade foi interditada pela Vigilância Sanitária no dia 4 de outubro e deve permanecer fechada até o próximo dia 18.  

 

 

ATUALIZAÇÂO: A Vigilãncia Sanitária de Eusébio enviou nota de esclarecimento, do dia 8 de outubro, informando que não interditou a escola no Eusébio. Conforme o novo documento, a escola suspendeu as atividades, acatando as normas do protocolo setorial nº 18 do Decreto Estadual nº 33.756.

Segundo as redes sociais ligadas à escola, as atividades presenciais no colégio retornaram há duas semanas.  O Sistema Verdes Mares conversou com pais de crianças e adolescentes da unidade, que preferiram não se identificar.

Embora o informe justifique a suspensão pelo diagnóstico no quadro de funcionários, não detalhou a quantidade de positivos nem a categoria dos profissionais infectados. Procurada sobre o assunto, a instituição confirmou as ocorrências, mas adicionou que não deve se manifestar nesse momento. 

Já a Secretaria de Saúde de Eusébio comunicou, por meio de nota, que realizou a testagem dos funcionários da referida escola entre os dias 30 de setembro e 1° de outubro.  Ainda de acordo com a Pasta, como o centro também realiza cursos na área esportiva, a Vigilância Sanitária interditou o funcionamento total da entidade por 15 dias pra evitar a transmissão de Covid19.

"Estamos acompanhando e realizamos os testes para autorizar o retorno das aulas presenciais e temos esse controle dos casos positivos", adicionou a Secretaria. 

Outros casos

Na terça-feira (6), uma escola da rede particular de Fortaleza também suspendeu as aulas presenciais após testagem de funcionários. Conforme o Sindicato dos Estabelecimentos Particulares do Ensino do Ceará (Sinepe-CE), a contaminação foi identificada durante o processo de testagem dos trabalhadores da educação. 

Contudo, garante o Sindicato, as pessoas infectadas não tiveram contato com os alunos, nem com os demais profissionais no ambiente escolar. Os casos, diz em nota o Sindicato, foram encaminhados para a investigação em cumprimento a medidas estabelecidas no Protocolo Setorial do Governo do Estado para a retomada das atividades escolares.

O Sindicato confirmou os casos, mas não divulgou o nome da escola. Conforme a nota "as atividades presenciais estão suspensas por causa da investigação, processo para identificar em qual local os profissionais foram infectados".

Retomada

O Eusébio, um dos 44 municípios da macroregião de saúde de Fortaleza, é uma das cidades com permissão para retornar o ensino presencial parcial. No último dia 19, o governador Camilo Santana atualizou o decreto que estabelece as regras de volta ao trabalho no Ceará na manhã deste sábado e determinou que algumas séries escolares retornassem a partir do dia 1º de outubro. De acordo com ele, é mais uma etapa da "fase de transição" da retomada na educação. 

Além da capital e do Eusébio, a macrorregião inclui Acarape, Amontada, Apuiarés, Aquiraz, Aracoiaba, Aratuba, Barreira, Baturité, Beberibe, Capistrano, Cascavel, Caucaia, Chorozinho, General Sampaio, Guaiuba, Guaramiranga, Horizonte, Itaitinga, Itapajé, Itapipoca, Itapiúna, Maracanaú, Maranguape, Miraíma, Mulungu, Ocara, Pacajus, Pacatuba, Pacoti, Palmácia, Paracuru, Paraipaba, Pentecoste, Pindoretama, Redenção, São Gonçalo do Amarante, São Luis do Curu, Tejuçuoca, Trairi, Tururu, Umirim e Uruburetama.

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza