Covid: 44% da população com mais de 18 anos ainda não tomou vacina no Ceará

Volume de vacinados depende da disponibilidade de doses. Estado vem tentando negociar doses extras além das distribuídas pelo Ministério da Saúde.

Legenda: Proteção coletiva por meio da vacina só deve ser alcançada com, no mínimo, 70% da população vacinada.
Foto: Kid Júnior

Cerca de 3 milhões de pessoas com mais de 18 anos, ou 44,75% da população cearense, ainda não foram vacinadas contra a Covid-19. A campanha de vacinação precisa se basear em projeções diante da ausência de um Censo Demográfico atualizado.

A estimativa atual do Ministério da Saúde é que 6,77 milhões de pessoas são “vacináveis” no Ceará. Porém, até a última quinta-feira (22), haviam sido imunizados com a primeira dose 3.744.209 residentes no Estado, segundo o vacinômetro estadual disponibilizado pela Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa).

Ou seja, até o momento, 55,25% da população apta a ser vacinada no Estado foi imunizada com a D1. Com o esquema completo, somando segundas doses e doses únicas, são 1.511.201, ou 22% dos vacináveis.

A imunização em massa depende da compra, distribuição e aplicação rápida de doses. Essas atribuições são dos governos Federal, estaduais e municipais, respectivamente. No caso do Ceará, desde a última semana, o ritmo de vacinação caiu com a D1.

Isso porque, das vacinas recebidas em julho, cerca de 277 mil foram destinadas à primeira dose. Já para D2, foram enviadas quase 420 mil, uma vez que este é o mês em que grande parte dos vacinados com a D1 em abril devem retornar para completar o esquema.

Mais doses para o Ceará

Em live na tarde da última sexta (23), o governador Camilo Santana ressaltou que o Estado tem tratativas para a aquisição de doses extras da Coronavac, para ampliar a imunização.

“Temos municípios que já estão na fase de vacinar pessoas de 28 anos. Não vamos descansar enquanto não vacinarmos todos os cearenses”, garantiu.

O secretário estadual da Saúde, Dr. Cabeto, se mostra otimista com a aceleração do processo e mantém inclusive a perspectiva de vacinar adolescentes de 12 a 17 anos até o mês de agosto.

A expectativa é que a campanha tenha avanço com a chegada do primeiro lote da vacina russa  Sputnik V, com 183 mil doses, cujo desembarque no Nordeste está previsto para o dia 28 de julho, por meio do aeroporto de Recife. 

Elas devem ser encaminhadas primeiro para o município de Limoeiro do Norte, onde 100% da população deve ser vacinada e será conduzido um estudo de eficácia. Em seguida, outros municípios também devem ser contemplados.

A Sesa projeta que a proteção coletiva por meio da vacina só deve ser alcançada com, no mínimo, 70% da população vacinada. O crescimento deste indicador depende diretamente da disponibilidade de doses.

Especialistas alertam que a circulação da variante Delta, oriunda da Índia, já confirmada no Brasil e provocadora de cinco mortes, até o momento, demanda urgência na imunização. Até o momento, o Ceará não registrou casos da Delta, de acordo com o secretário da saúde.

 

Cadastro obrigatório

Quando a vacinação do público geral acima de 18 anos foi iniciada, em junho, tornou-se obrigatório o cadastro na plataforma Saúde Digital, por onde as gestões municipais planejam o processo, seja por listagem ou agendamento.

Até a tarde de sábado (24), foram confirmados 4.995.975 cadastros, que já incluem adolescentes de 12 a 17 anos. Considerando a população geral do Estado, estimada em 9,18 milhão de pessoas, 40,75% receberam pelo menos uma dose contra a Covid-19.

PASSO A PASSO PARA CADASTRO NO SAÚDE DIGITAL

1) Acesse o site Saúde Digital

2) Selecione a opção "Ainda não tenho cadastro"

3) Identifique-se preenchendo corretamente seus dados

4) Nesta etapa do cadastro, deve ser informado se a pessoa está acamada, se tem alguma comorbidade e profissão. A Prefeitura realiza agendamento seguindo a sequência definida na Comissão Intergestores Bipartite N°40 (CIB/CE), e conforme as prioridades definidas pelo Ministério da Saúde (MS) para esta etapa da vacinação.

5) Confirme seus dados e crie uma senha de acesso ao cadastro

6) Finalize o cadastro e aguarde seu agendamento.

Em Fortaleza, é possível acompanhar a lista de agendados no site. Os nomes são divulgados diariamente. Os beneficiários também recebem a orientações sobre data, horário e local, por e-mail e WhatsApp, próximo ao dia do atendimento.

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza

Assuntos Relacionados