Ceará poderá vacinar toda a população adulta contra a Covid-19 após compra de CoronaVac

A cobertura será possível graças à aquisição, nesta quarta-feira (22), de 300 mil doses de vacina do Instituto Butantan

Políticos reunidos para o anúncio
Legenda: Anúncio do envio do lote com as doses foi feito em coletiva no Instituto Butantan, em São Paulo, na manhã desta quarta-feira (22), e contou com a presença do governador Camilo Santana
Foto: Assessorias da Casa Civil e do Governo de SP

Com a compra direta de 300 mil doses da CoronaVac nesta quarta-feira (22), o Ceará possuirá estoque de imunizantes suficiente para concluir a vacinação contra a Covid-19 de 100% da população adulta em todo o Estado, incluindo as primeira e segundas doses. As informações foram divulgadas pelo governador Camilo Santana (PT), durante coletiva de imprensa, em São Paulo. 

Segundo o chefe do Executivo, mais de 90% dos adultos já foram vacinados com pelo menos com a 1ª dose (D1) em Fortaleza. No restante do Ceará, o percentual de pessoas que receberam a D1 é de quase 90%. Assim, restam cerca de 10% a serem imunizadas. 

Com a negociação direta, o Ceará amplia o estoque sem depender apenas do que é enviado via Plano Nacional de Imunização (PNI), administrado pelo Ministério da Saúde.

Camilo iniciou as trativas desses contratos para incremento com o imunobiológico do Butantan após a suspensão da compra da russa Sputnik V

Governadores reunidos
Legenda: O acordo foi fechado como parte de uma aquisição direta que não envolveu o Ministério da Saúde, e foi feita em conjunto com outros quatro estados brasileiros, Espírito Santo (ES), Piauí (PI), Pará (PA) e Mato Grosso (MT), que prevê um total de 2,5 milhões de doses
Foto: Assessorias da Casa Civil e Governo de SP

“Já estivemos antes aqui com o intuito de firmar essa compra direta, mas que tivemos de aguardar e agora vamos firmar a compra de mais 300 mil doses de CoronaVac para o Ceará, que vai ampliar nossa vacinação tanto na Capital quanto no Interior”, disse o governador.

Instituto Butantan

No contrato assinado hoje, o Instituto Butantan também fornecerá vacinas para estados do Espírito Santo (ES), Piauí (PI), Pará (PA) e Mato Grosso (MT), totalizando 2,5 milhões de doses. 

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza