Ceará deve começar a aplicar vacina contra Covid-19 da Janssen neste fim de semana

Uma reunião da Comissão Intergestores Bipartite (CIB) ocorrerá até sexta-feira (25) para definir a logística

vacina da janssen é colocada em seringa
Legenda: Vacina da Janssen é aplicada em dose única e tem eficácia de 85%
Foto: Pierre-Philippe Marcou/AFP

O Ceará deve começar a aplicar a vacina contra Covid-19 da Janssen neste fim de semana, conforme informou o Secretário Estadual da Saúde, Dr. Cabeto, nesta quinta-feira (24), em coletiva do Governo do Estado. 

A reunião da Comissão Intergestores Bipartite (CIB) desta sexta-feira (25) vai definir a logística de distribuição das 61,1 mil doses da vacina que chegaram nesta quinta-feira. O secretário afirmou que a Janssen deve ser utilizada na vacinação geral, sem faixa-etária ou grupo específico. O imunizante é aplicado em dose única.

Além da Janssen, o Ceará também deve receber em breve as 183 mil doses da russa Sputnik V, que teve a compra excepcional liberada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Durante a coletiva, o Governador Camilo Santana ressaltou a previsão de chegada das primeiras doses do imunizante para o começo de julho. 

Governador Camilo Santana fala durante inauguração da Casa de Cuidados do Ceará
Legenda: Camilo Santana e Dr. Cabeto durante inauguração da Casa de Cuidados do Ceará
Foto: Fabiane de Paula

Janssen no Brasil

As primeiras doses da Janssen desembarcaram no Brasil na terça-feira (22). O lote com 1,5 milhão de doses da vacina contra Covid-19 da farmacêutica chegou durante a manhã, no Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo. 

O fármaco contra o novo coronavírus é o único do Programa Nacional de Imunização (PNI) que necessita da aplicação em apenas uma etapa. 

O Brasil também deve receber 3 milhões de doses do imunizante em uma doação direta dos Estados Unidos ao País.

Segundo o secretário-executivo da Saúde, Rodrigo Cruz, a pasta está em negociações para receber doses adicionais do imunizante em antecipação do contrato com a empresa.  

Casa de Cuidados

As declarações foram feitas durante a cerimônia de inauguração da Casa de Cuidados do Ceará, instalada no Hotel Recanto Wirapuru, em Fortaleza. O equipamento tem 130 leitos para receber pacientes em recuperação da Covid-19. Algumas das vagas são de 'apartamentos' que permitem a estadia de familiares na recuperação. 

Camilo Santana afirmou que as primeiras quatro pessoas devem ser transferidas para o local nesta quinta-feira (24), do Hospital Geral Dr Waldemar Alcântara (HGWA). 

Casa de Cuidados do Ceará
Legenda: Casa de Cuidados do Ceará recebe pacientes em recuperação da Covid-19 a partir desta quinta-feira (24)
Foto: Fabiane de Paula

O governador afirmou que, após a pandemia, a Casa de Cuidados atenderá pacientes em recuperação de outras doenças, como derrames e Acidente Vascular Cerebral (AVC), se tornando um equipamento permanente

"Isso gera novas vagas para pacientes mais graves que precisam de hospital. E aqui vai ter uma equipe multidisciplinar, médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, psicólogos, assistentes sociais. Vai dar oportunidade também para que os familiares possam estar presentes, porque isso tem um efeito muito forte na recuperação. É um acolhimento, um cuidar melho", ressaltou Santana. 

 

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza