Ceará confirma 62 casos da variante Delta do coronavírus

Número foi confirmado pelo governador Camilo Santana nesta sexta-feira (20)

teste covid
Legenda: Maioria dos pacientes com a variante foi identificada em testagem no Aeroporto de Fortaleza
Foto: AFP

Subiu para 62 o número de casos confirmados da variante Delta do coronavírus no Ceará. A informação foi citada pelo governador Camilo Santana (PT) em live nesta sexta-feira (20). Detalhes foram repassados pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesa).

A predominância, segundo a Sesa, é entre pessoas com histórico de viagem. Dos casos identificados com a cepa, 20 são passageiros que desembarcaram no Aeroporto de Fortaleza e três, funcionários do aeroporto.

Todos foram orientados, ainda no Centro de Testagem, a cumprir quarentena de 14 dias. Os passageiros vieram do Rio de Janeiro, São Paulo, Distrito Federal, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Pernambuco e do México.

Segundo a Sesa, os outros 39 casos são pacientes de vigilância ou amostras encaminhadas por unidades de saúde ou pelos municípios à Rede Genômica da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) Ceará, que atua em cooperação com o Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce) e o Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen).

Situação preocupa

Durante a transmissão nas redes sociais nesta sexta, o novo secretário da Saúde, Marcos Gadelha, destacou que o momento é de alerta. "Há uma preocupação com o aumento progressivo dos casos da variante Delta. Estamos em uma situação ainda confortável, mas de alerta. A gente não pode relaxar", destacou, ao lado do governador. 

O importante, destacou o secretário, é não deixar de cumprir as medidas sanitárias, como evitar aglomerações, usar máscara e álcool em gel.

Variante Alfa

Na última quarta-feira (18), eram 43 os casos da variante Delta no Ceará. Naquele dia, a Sesa confirmou o primeiro caso da chamada variante Alfa, oriunda do Reino Unido. 

O paciente é um turista de 64 anos, de Minas Gerais, que cumpriu isolamento desde quando testou positivo no Aeroporto de Fortaleza. Com sintomas leves, ele está sendo monitorado pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs).

Detalhes dos casos da variante Delta

Dos 62 pacientes identificados com a variante de origem indiana no Ceará, 33 são mulheres e 29, homens - a maioria tem entre 20 a 39 anos. Seis não moram no Estado.

Dos 39 pacientes que não passaram pelo Centro de Testagem do Aeroporto de Fortaleza, 13 não têm histórico de viagem - confirmando, assim, a transmissão comunitária da variante no Ceará.

Seis casos seguem em investigação. Os demais relataram ter feito viagens recentes para Distrito Federal, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul ou São Paulo.

Os 56 pacientes que moram no Ceará são dos seguintes municípios:

  • Aquiraz
  • Caucaia
  • Choró
  • Crateús
  • Eusébio
  • Fortaleza
  • Hidrolândia
  • Icó
  • Ipaporanga
  • Ipueiras
  • Irauçuba
  • Itapipoca
  • Jaguaretama
  • Maracanaú
  • Monsenhor Tabosa
  • Nova Russas
  • Paraipaba
  • Poranga
  • Quixeramobim
  • São Gonçalo do Amarante
  • Sobral
  • Tauá
Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza