6 estabelecimentos são interditados por descumprir decreto contra a Covid-19

Balanço das fiscalizações foi divulgado neste sábado (23) e considera visitas feitas pela Vigilância Sanitária, ligada ao Estado, e pela Agência de Fiscalização de Fortaleza

Além das interdições, a fiscalização registrou duas autuações e quatro notificações a estabelecimentos que descumpriram normas de segurança sanitária.
Legenda: Além das interdições, a fiscalização registrou duas autuações e quatro notificações a estabelecimentos que descumpriram normas de segurança sanitária.
Foto: Rodrigo Carvalho/PMF

Dos 30 estabelecimentos comerciais visitados nesta sexta-feira (22), em Fortaleza, pela Vigilância Sanitária e pela Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis), seis foram interditados por descumprirem os protocolos de segurança sanitária determinados pelo Governo para conter a Covid-19. O balanço das fiscalizações dá conta, ainda, de duas autuações e quatro notificações.

A Vigilância Sanitária registrou, também, que cinco estabelecimentos estavam cumprindo as regras.

Na manhã deste sábado (23), a Agefis informou que vai fiscalizar de maneira permanente os polos tradicionais de Pré-Carnaval na Capital e que vai intensificar as rotas por bares e restaurantes. Ao longo da última semana, o órgão contou 118 operações de fiscalização e oito interdições.

Na sexta-feira (22), a Prefeitura publicou decreto proibindo o consumo de bebidas alcoólicas em locais públicos a partir das 22 horas, para evitar aglomerações e propagação da Covid-19. Além disso, a determinação fortaleceu a fiscalização possibilitando que os estabelecimentos que descumprirem as regras sanitárias possam, imediatamente, ser interditados por sete dias, podendo esse prazo ser estendido para 30 dias em caso de reincidência.

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza