Mauricio Souza chega a 700 mil seguidores e ironiza: 'não precisei ficar sambando em cima de cama'

A mensagem faz menção ao também jogador de vôlei e ex-colega da seleção brasileira, Douglas Souza, que viralizou na internet nas Olimpíadas de Tóquio

Maurício Souza e Douglas Souza, jogadores de vôlei
Legenda: Mauricio Souza foi demitido do Minas Tênis Clube depois de ter feito publicações homofóbicas
Foto: Reprodução

O jogador de vôlei Mauricio Souza, demitido do Minas Tênis Clube depois de ter feito publicações homofóbicas, usou o Instagram nesta quinta-feira (28) para comemorar a marca de 700 mil seguidores na rede social. Antes da polêmica, o atleta contava com 200 mil seguidores.

Na postagem, ele agradeceu pelo apoio e pelo carinho dos internautas, e ironizou ao falar que "não precisei ficar sambando em cima de cama e nem desfilando na quadra para ganhar o respeito e a admiração de vocês".

A mensagem faz menção ao também jogador de vôlei e ex-colega da seleção brasileira, Douglas Souza, que viralizou na internet nas Olimpíadas de Tóquio.

O ponteiro da seleção brasileira de vôlei ganhou repercussão em 19 de julho, quando publicou um registro desfilando, no estilo catwalk, durante um treino do Brasil. A cena foi compartilhada por milhares de usuários. 

Entenda o caso envolvendo o jogador de vôlei

No dia 12 de outubro deste ano, Mauricio Souza criticou, também nas redes sociais, o anúncio da editora DC Comics, de o novo Super-Homem se descobrir bissexual nas próximas edições dos quadrinhos.

Dias depois, em 26 de outubro, os principais patrocinadores da equipe de vôlei masculino do Minas Tênis Clube se manifestaram e cobraram "medidas cabíveis" sobre as declarações homofóbicas do central.

Na mesma data, o atleta foi multado e afastado do Clube. Ainda no dia 26, o jogador de vôlei veio a público para se retratar das postagens consideradas homofóbicas que fez em suas redes sociais.

Pedidos de desculpas

Ele pediu desculpas em um perfil no Twitter, no qual tinha menos de 50 seguidores no momento da publicação. As declarações polêmicas, no entanto, haviam sido feitas na conta oficial dele no Instagram, que tinha 257 mil seguidores. 

Já em 27 de outubro, o atleta foi demitido do Minas Tênis Clube. Na mesma data, ele divulgou um vídeo pedindo desculpas por "defender o que acredita" e lamentando situação com o Clube.

Ironia

Um dia após ter sido desligado do Minas, Mauricio Souza ironizou o episódio que culminou na dispensa da equipe.

No Instagram, o jogador de vôlei compartilhou uma imagem do Super-Homem beijando a Mulher Maravilha, em referência a uma de suas polêmicas mais recentes.

 

 

 

 

 

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte