Douglas Souza viraliza com vídeos dos bastidores das Olimpíadas e alcança 1,2 milhão de seguidores

O atleta da Seleção Brasileira de Vôlei ganhou mais de 935 mil seguidores em dois dias com seus vídeos bem-humorados e memes

Montagem de fotos de douglas souza, jogador vôlei da seleção brasileira
Legenda: O brasileiro de 25 anos viralizou após publicar vídeo desfilando na quadra de treino da seleção
Foto: Divulgação/FIVB e Reprodução

O ponteiro da Seleção Brasileira de vôlei Douglas Souza virou sucesso nas redes sociais com vídeos de bastidores dos preparativos para os Jogos Olímpicos de Tóquio. De maneira bem-humorada, dublando músicas e interagindo com o público e com os colegas de time, ele alcançou 1,2 milhão de seguidores no Instagram nesta quarta-feira (21). 

Viral começou na última segunda-feira (19) quando ele publicou um registro desfilando, no estilo catwalk, durante treino do Brasil. Vídeo foi repostado pela ex-BBB 21 Camilla de Lucas e rapidamente foi compartilhado por milhares de usuários. 

VEJA VÍDEO:

Segundo o site Social Blade, naquele dia, Douglas possuía 265,1 mil seguidores na rede social. Em dois dias, o atleta foi seguido por mais cerca de 935 mil pessoas. 

Desde que chegou à Vila Olímpica, o paulista de 25 anos tem mostrado as acomodações e instalações do local, além de registrar os treinos do time brasileiro. 

Sucesso 

Por meio do stories, na noite dessa terça-feira (20), no Brasil (já manhã de quarta-feira em Tóquio), ele agradeceu o carinho recebido. 

Eu estou muito muito feliz, vocês não têm noção do quanto. Mas vou ficar mais feliz ainda no dia 7 [de agosto] na final. Se Deus quiser, a gente vai está na final com a medalha de ouro
Douglas Souza
Ponteiro da seleção de vôlei

Douglas tem recebido apoio de muitos famosos, como Gil do Vigor, ex-BBB. "Já comecei o dia muito alegre. O Douglas Souza é maravilhoso! Te amo. Que pessoa incrível. Vigora, tu vai ganhar tudo", publicou o pernambucano. 

Nesta quarta, o ponteiro ainda divulgou seus planos para a abertura oficial das Olimpíadas, nesta sexta-feira (23). Apenas atletas que serão os porta-bandeiras poderão participar, devido aos protocolos contra a Covid-19.

"Vou fazer a abertura aqui no meu humilde quarto. Farei um vestido com edredom, vai ser bafo. Uma coisa bem rapidinha mesmo, só um closezinho", avisou Douglas. 

Representatividade LGBTQIA+

Em entrevista à Vogue Brasil em live nesta quinta, Douglas Souza falou sobre o orgulho de ser LGBTQIA+ e representar a comunidade sendo o único gay na Seleção Brasileira de Vôlei em Tóquio.

"Para mim é incrível. Hoje sou o único gay, mas antes tinha o Maique [Reis] comigo. Precisamos ter voz, nossa comunidade precisa disso, e estou recebendo uma quantidade linda de mensagens de apoio. É uma representatividade que precisamos muito", celebrou o jogador. 

O atleta sempre aparece nos registros dos bastidores de Tóquio ouvindo, cantando e dançando músicas de Pabllo Vittar. Ele também chama os jogadores da seleção para entrar nas brincadeiras.

Carreira de Douglas Souza 

Douglas Souza começou a jogar vôlei aos 11 anos, sendo campeão sul-americano. Ele contou à Vogue Brasil que já fez também capoeira, judô e ginástica. 

Como atleta de voleibol, já foi campeão sul-americano juvenil, vice-campeão da Liga Mundial e medalha de prata em Toronto 2015. 

Em 2016, pela seleção brasileira de vôlei, foi medalha de ouro nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. 

Estreia do Vôlei nas Olimpíadas

A Seleção Brasileira de Vôlei estreia nesta sexta-feira, às 23h05 (horário de Brasília), contra a Tunísia.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte