Juan Pablo Vojvoda é o novo técnico do Fortaleza

O treinador argentino fechou com o clube cearense após passagem pelo Unión La Calera, do Chile

Juan Pablo Vojvoda em treino do Unión La Calera, do Chile
Legenda: Juan Pablo Vojvoda foi vice-campeão chileno com o Unión La Calera
Foto: divulgação / Unión La Calera

O argentino Juan Pablo Vojvoda é o novo treinador do Fortaleza. O clube acertou com o técnico na tarde desta terça-feira (4). 

Vojvoda chega para comandar o clube nas disputas do Campeonato Cearense, Copa do Brasil e Série A do Brasileiro. O perfil ofensivo, de muita posse de bola, agradou os dirigentes do clube cearense.

O treinador chega ao Leão após a rodada de retomada do Campeonato Cearense e com tempo para se preparar para o início da 1ª divisão, iniciada no fim de maio. Esse prazo parar começar o Brasileirão foi considerado como positivo pela diretoria para a adaptação do profissional.

Carreira de Vojvoda

Vovjota em comemoração
Legenda: Vojvoda tem estilo de jogo ofensivo e de posse de bola e já trabalhou no Defensa y Justicia, da Argentina
Foto: Defensa y Justicia

O último trabalho do argentino foi à frente do Unión La Calera, do Chile. O treinador deixou o clube após ser vice-campeão da elite do futebol chileno e não aceitar a renovação contratual para 2021.

Vojvoda, de 45 anos, assumiu a equipe no início de 2020. Ao todo foram 40 jogos, com 18 vitórias, 10 empates e 12 derrotas.

Após encerrar a carreira como jogador, Vojvoda iniciou a trajetória à beira do gramado no Newell’s Old Boys, em 2013. Tem passagens por Talleres de Córdoba, Club Atlético Huracán e Defensa y Justicia - todos na Argentina.

Busca por novo treinador

O Fortaleza estava sem técnico desde o último domingo (25), quando Enderson Moreira foi demitido. A busca por um substituto começou de imediato.

O primeiro alvo, no mercado nacional, foi Fernando Diniz, ex-São Paulo. As tratativas não avançaram. Com o passar do tempo, a gestão ampliou as alternativas e trabalhou também com nomes estrangeiros.

Três nomes chegaram à lista final de opções no mercado. O argentino Ariel Holan era um dos integrantes após a saída do Santos, mas não teve readequação financeira. Além de Vojvoda, a lista tricolor tinha um nome, que foi mantido em sigilo.

 

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte