Policiais militares presos extorquiam até R$ 20 mil de empresários, segundo MPCE

A Operação Espanta Raposa foi deflagrada para cumprir mandados de prisão preventiva e de afastamento das funções policiais, em Sobral e Tianguá