Mais da metade dos municípios cearenses têm matadouros fechados

O alto número preocupa o Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV) do Ceará. O receio está ligado à existência de matança clandestina nessas cidades sem abatedouros, o que pode afetar a saúde da população