Camarões-dinossauro são encontrados em lago nos Estados Unidos

Espécie existe há pelos 419 milhões de anos no mundo

'Camarões dinossauro' em mão de guarda florestal
Legenda: 'Camarões dinossauro' foram encontrados em lago do Monumento Nacional de Wupatki
Foto: reprodução/redes sociais

Centenas de "camarões-dinossauro", crustáceos de três olhos que levam o nome científico de triops, foram encontrados em um lago no Monumento Nacional de Wupatki, nos Estados Unidos. 

Segundo oficiais do parque, os ovos dos crustáceos devem ter sido chocados no lago ainda no fim do mês de julho, mas a verdade é que podem ficar inativos no deserto por décadas. 

Lago do Monumento Nacional de Wupatki
Legenda: Lago onde os ovos da espécie foi encontrada no Monumento Nacional de Wupatki
Foto: reprodução/Facebook

Mais velha que dinossauros

Conforme informações do New York Post, a espécie existe há pelo menos 419 milhões de anos, presente no mundo antes mesmo dos dinossauros. Entretanto, não se sabe exatamente há quanto tempo os ovos dos camarões atuais teriam permanecido no solo.

"Eles possuem uma adaptação muito especializada que permite que os ovos sobrevivam mesmo a períodos de longa seca", explicou Lauren Carter, uma das guardas florestais do Monumento Nacional de Wupatki.

Além disso, sabe-se, de fato, que essa espécie consegue viver por até 90 dias após a rachadura do ovo ou até a secura do lago onde estão localizados. 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o mundo