Tenente cearense é preso por extorsão no Rio de Janeiro

Policial militar queria que a vítima passasse um carro, da marca Porsche, para seu nome

Escrito por Redação,

Segurança
foto da farda da PM
Legenda: Polocial militar fez ameaças através de whatssap.
Foto: Divulgação/SSPDS

Um tenente da Polícia Militar do Ceará (PMCE) foi preso em flagrante na última sexta-feira (18), na cidade de Niterói, Rio de Janeiro. Helton Barrozo Teixeira de Souza, 33 anos, é acusado de extorsão.

A 76ª DP (Niterói) confirmou que, além do tenente cearense, outro homem também foi preso pelo crime de extorsão ao tentar, mediante ameaças, fazer com que um idoso transferisse a propriedade de um veículo. O caso já está com a Justiça.

Segundo o boletim da Polícia Civil, a vítima, Roberto Mendes Leal de Mattos, informou que duas pessoas que estavam em veículo sedan preto, tentaram abordar o seu avó na casa dele, no bairro de Pendotiba, em Nitéroi

 

O avô de Roberto disse que viu duas pessoas em um carro e reconheceu o tenente Helton, que estava acompanhado do taxista Sílvio Cesar de Assumpção Guimarães. Com medo, o senhor saiu com seu carro e ligou para o neto informando o que estaria acontecendo. Ainda segundo o avô, as pessoas foram atrás do carro dele e tentaram abordá-lo. 

De acordo com as informações, Helton e Sílvio ligaram para Rodrigo e fizeram ameaças através de whatssap para efetuar um pagamento de uma suposta dívida. Por este motivo, o policial militar queria que a vítima passasse um carro, da marca Porsche, para seu nome. Eles queriam marcar um encontro em um cartório no centro de Niterói para efetuar a transferência do veículo

 

Abordagem  

A Polícia foi até o local indicado, um bar próximo ao cartório, onde o tenente e o taxista estavam esperando por Roberto. Os dois foram abordados pelos policiais e conduzidos para delegacia de forma a prestar esclarecimentos. A nota ainda afirma que foi necessário a utilização de algemas para garantir a segurança dos acusados, da equipe policial e de populares.