Seis policiais militares e advogada são investigados por crimes contra a administração pública

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública, foi determinado judicialmente a suspensão do exercício da função pública dos seis militares e do servidor de Novo Oriente

A Polícia Civil do Ceará cumpriu, nesta terça-feira (17), nove mandados de busca e apreensão contra seis policiais militares, uma advogada e o secretário de infraestrutura do Município de Novo Oriente. Os mandados foram cumpridos nas cidades de Crateús, Ipaporanga, Independência e Novo Oriente. Os nomes dos investigados não foram divulgados. 

De acordo com informações da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), a ação aconteceu em decorrência de investigações referentes a crimes contra a administração pública: “Além da ação policial, foi determinada judicialmente a suspensão do exercício da função pública dos seis policiais militares investigados, além de um servidor do município de Novo Oriente”, disse a Pasta, em nota.

A Polícia Civil destacou que os mandados foram cumpridos em uma operação policial realizada pelas delegacias Regional de Crateús e Municipal de Novo Oriente, com o apoio do Departamento de Polícia Judiciária do Interior Norte (DPJI Norte). Ainda por nota, a SSPDS informou que mais detalhes da ação não podem ser divulgados para não comprometer o andamento das investigações. 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança