Militar atira em homem em posto de combustível alegando ter sido ameaçado; PCCE investiga caso

Todos os envolvidos foram ouvidos pela polícia e liberados; o caso está sob investigação

Escrito por Redação,

Segurança

Uma ocorrência de lesão à bala envolvendo um policial militar, registrada em um posto de combustíveis na cidade de Massapê, Região Norte do Ceará, na madrugada desta quinta-feira (1º), está sendo investigada pela Polícia Civil do Ceará (PCCE). O policial afirmou, em depoimento, ter sido ameaçado por três indivíduos de um grupo criminoso antes de atirar contra eles. 

Em nota, a PCCE informou que, de acordo com os primeiros levantamentos, os três homens teriam se aproximado do carro onde estava o policial militar e mais duas pessoas e feito a ameaça.

“O PM afirmou em depoimento que deu ordem para os suspeitos se afastarem do carro, mas eles não teriam obedecido e foram para cima do carro, momento este em que o PM realizou um disparo contra eles”, diz a nota.

Um dos indivíduos foi baleado e socorrido para uma unidade hospitalar. A Polícia Civil não deu informações sobre o estado de saúde do homem.

Os outros dois suspeitos foram conduzidos por equipes da Polícia Militar do Ceará (PM) para a unidade policial, onde foram ouvidos, Ainda conforme a polícia, eles negaram o fato e foram liberados. O policial militar também foi ouvido e liberado.

Um inquérito policial por portaria foi instaurado na Delegacia Regional de Sobral, mas o procedimento foi transferido para a Delegacia Municipal de Massapê, que dará continuidade às investigações.