Grupo suspeito de chacina de Caucaia tinha posse de fardas do exército, diz Polícia

A ação criminosa deixou cinco homens mortos na madrugada deste domingo (1º), no Interior do Ceará

chacina em caucaia
Legenda: Suspeitos do crime escreveram iniciais de uma facção criminosa na parede da casa onde os corpos foram encontrados
Foto: André Alencar / SVM

A Polícia encontrou, dentre armamentos e munições, fardamentos do Exército Brasileiro com o grupo acusado de cometer a chacina que deixou cinco mortos e duas pessoas feridas na madrugada deste domingo (1º), no Distrito de Boqueirão das Araras, em Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza. 

Essa é a segunda chacina do ano no Ceará. Em abril último, três homens e uma mulher morreram a tiros, no bairro Parque São Gerardo, também em Caucaia. 

As informações do último caso foram divulgadas em coletiva de imprensa na manhã desta segunda-feira (2). Na tarde de domingo, seis suspeitos foram detidos. Um deles foi liberado após prestar depoimento.

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), a motivação da série de assassinatos seria a disputa de território entre facções rivais. 

A pasta informou que outros dois suspeitos são procurados. A participação da dupla no crime já teria sido confirmada. 

A Polícia afirma ter encontrado com o grupo os seguintes itens:

  • Três armas de fogo, sendo duas espingardas e um revólver calibre 38
  • 28 munições;
  • Aparelhos celulares, incluindo os das vítimas;
  • Fardamentos do Exército Brasileiro;
  • Balaclavas;
  • Luvas;
  • Um canivete;
  • Três latas de tinta spray;
  • Espoleta;
  • Pólvora;
  • Cerca de 3,5 quilos de chumbinho e um pano de bijuterias contendo dezenas de peças. 
  • Uma motocicleta, possivelmente utilizada pelo grupo, foi deixada no local do crime e foi enviada para perícia.  

Acusações 

Os cinco homens foram autuados em flagrante pelos crimes de homicídio qualificado, roubo, corrupção de menores e por integrar organização criminosa.

Já o adolescente de 16 anos responderá por ato infracional análogo aos crimes citados, com exceção de corrupção de menores.  

Quem são os acusados

  • Antônio Michael da Silva Nogueira, 18 anos; 
  • João Pedro de Oliveira Sousa, 21 anos; 
  • Raimundo Cleilton Ferreira da Costa, 24 anos;
  • Leandro Moreira Vitor da Silva, 27 anos (este já respondia por porte ilegal de arma de fogo). 

Entenda o caso

As vítimas bebiam em um bar quando foi surpreendido pela ação criminosa. Conforme a SSSPS, os atiradores chegaram ao local a pé, mas fugiram em motocicletas. 

Dois corpos foram encontrados numa estrada. Outros três em uma residência, sendo um em um quarto e dois em um banheiro. Os homens tinham idades entre 24 e 27 anos. 

chacina em caucaia
Legenda: Um dos cinco homens mortos foi achado no quarto do imovel
Foto: André Alencar

No local do crime, a PM afirma ter encontrado "várias cápsulas de pistola calibre 38" e uma pichação na parede da casa onde os cadáveres foram localizados. 

Segundo a SSPDS, apenas uma vítima tinha antecedentes criminais pelos crimes de tráfico de drogas e posse/porte ilegal de arma de fogo de uso restrito. Ele tinha 28 anos. 

 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança