Empresário suspeito de vazar fotos íntimas de jovem é investigado pela Polícia em Fortaleza

Um mandado de busca e apreensão foi cumprido nesta terça-feira (5), no Bairro de Fátima, na Capital

Policial Civil de costas com farda
Legenda: Um inquérito policial foi instaurado para apurar os crimes de divulgação de imagens íntimas sem o consentimento da vítima e dano emocional à mulher
Foto: Divulgação

A Polícia Civil do Ceará (PC-CE) cumpriu mandado de busca e apreensão, na terça-feira (5), na casa de um empresário de 40 anos acusado de vazar fotos íntimas de uma mulher de 22 anos. A ordem judicial foi cumprida em um imóvel no Bairro de Fátima, em Fortaleza. 

No local, os policiais civis apreenderam um celular, que será periciado. Conforme a investigação da PC-CE, conduzida pela Delegacia de Defesa da Mulher de Fortaleza, o suspeito conversava com a vítima por um aplicativo de mensagens.

O relacionamento teria encerrado em 17 de agosto. No entanto, dois dias antes, a vítima foi informada por terceiros que as fotos que ela havia enviado ao empresário teriam sido repassadas a outra pessoa. 

Um inquérito policial foi instaurado para apurar os crimes de divulgação de imagens íntimas sem o consentimento da vítima e dano emocional à mulher. A Polícia Civil informou que mantém as investigações para esclarecer o caso. 

Denúncias 

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp.

As denúncias também podem ser encaminhadas para o telefone (85) 3108-2950, da Delegacia de Defesa da Mulher de Fortaleza. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança