Duas adolescentes torturadas em cárcere na Granja Lisboa são libertadas; polícia prende 10 pessoas

PMs flagraram um grupo agredindo as jovens por considerarem que eram de uma fação rival; uma das vítimas está ferida.

Legenda: Polícia capturou 10 pessoas suspeitas de manter duas adolescentes em cárcere privado em Fortaleza.
Foto: Marina Alves/SVM

Dez pessoas foram capturadas pela Polícia Militar suspeitas de manter duas adolescentes em cárcere privado e sob tortura no Condomínio Jardim do Éden, no bairro Granja Lisboa, em Fortaleza, por volta das 23h desta terça-feira (19). Uma das vítimas estava ferida e foi socorrida para uma unidade de atendimento.

Conforme um policial militar que participou da operação, agentes faziam buscas pelo bairro quando perceberam uma movimentação suspeita no condomínio. Após perceberem a presença da polícia, os suspeitos tentaram fugir.

Dentro da residência, a polícia prendeu seis pessoas e apreendeu quatro adolescentes envolvidos no crime. O crime foi motivado, segundo a polícia, porque as duas vítimas faziam parte de uma organização criminosa rival da que os suspeitos pertenciam. Todos confessaram o crime.

A polícia encaminhou as 10 pessoas para a Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA), onde o caso foi registrado. Uma das vítimas foi ouvida na delegacia e a outra socorrida para uma unidade de saúde. Os suspeitos vão responder por tentativa de homicídio e associação criminosa.