Cabine da PM é transferida para outro local e revolta moradores do Papicu

Secretara de Segurança diz que a mudança foi um pedido da Prefeitura de Fortaleza

Legenda: A distância entre endereço anterior da base para o novo é de 450 metros
Foto: Reprodução/TV Verdes Mares

A cabine da Polícia Militar que estava localizada entre as Ruas Amélia Benebien com Raimundo Oliveira Filho, no Bairro Papicu, foi retirada na manhã desta quarta-feira (19). A Secretaria da Segurança Pública (SSPDS) informou por meio de nota que a base do Programa de Proteção Territorial (Proteger), no Papicu foi transferida para o cruzamento das Ruas Professor Otávio Lobo e Desembargador Lauro Nogueira. A distância entre endereço anterior da base para o novo é de 450 metros.  

De acordo a SSPDS, a realocação visa atender, estrategicamente, uma solicitação da Prefeitura de Fortaleza, em razão de um binário existente na região.

A retirada da cabine da PM não agradou quem vive na regição. Segundo uma moradora que prefere não ser identificada, a cabine é um instrumento importante para a sensação de segurança da população.

“Desde que ela foi instalada aqui no trecho do bairro, os assaltos diminuíram bastante. Como também o barulho de festas organizadas por criminosos. Diminuiu a venda de drogas”, diz.  A moradora reforça também que a cabine com os policiais coibi assaltos a motoristas que trafegam na rua, como também os pedestres. “Tinham abordagens de ladrões contra motoristas. Eles apareciam na frente dos carros e mandavam todos descerem com arma em punho. Os pedestres sofriam também com os assaltos”. 

"Segurança não vai sofrer mudanças"

A SSPDS esclareceu aos moradores que o policiamento nas áreas vizinhas à base policial não sofrerá modificações. Hoje, segundo a SSPDS, o bairro é atendido por equipes policiais que fazem o patrulhamento ostensivo a pé, de bicicleta e a bordo de motocicletas. 

Já um outro morador que também prefere não ser identificado afirmou para o Sistema Verdes Mares que o novo local onde a cabine vai funcionar ficará próximo a restaurantes que já possuem segurança privada.  “Essa nova cabine vai ficar perto da área gastronômica do bairro. Já existem seguranças particulares. O ponto antigo é que precisa da cabine, pois antigamente os assaltos e até homicídios eram diários no bairro”, lamentou.